Nos tempos medievais

6 comentários:

Anônimo em 28 de abril de 2011 19:29

As vezes a gente esbarra com um blog desses e vê quem nem todos são cegos quanto a realidade em q vivemos. Parabéns pela reflexão! Concordo em grau, gênero e número. Sociedade de parasitas, demagogos e hipócritas, quem sabe não pode ainda passar por mudanças que alterem certas percepções? É a única esperança q ainda resta... Mudar pra melhorar...

Yama em 28 de abril de 2011 20:10

Fiquei extremamente lisonjeado com seu comentário. Acho que é a primeira vez que alguém realmente entende o que quis dizer.

Alex em 22 de fevereiro de 2012 22:49

De certa forma me sinto igual, as vezes me imagino sendo um guerreiro medieval, naquela epoca o que movia o mundo e a unica coisa necessária para se viver era uma espada e vontade de lutar(pela vida ou com oponentes) porém(asempre tem um porém), hoje em dia o que move o mundo ainda é a vontade de lutar mas as armas mudaram em vez de lanças ou espadas temos o dinheiro ou habilidades sociaveis(comunicação, beleza,etc). Enfim os guerreiros continuam lutando e sempre lutaram a única coisa que mudou são as armas que usamos.
Esse papo de combate me lembrou o livro Diario de um Mago-Paulo coelho, que falava sobre lutar e seguir nossos sonhos, para sermos felizes bastava combater o bom combate.

Yama em 22 de fevereiro de 2012 23:01

Minhas lutas foram cansativas, sem tréguas mas desisti. Onde não há esperança, não há porquê lutar.

bom em 14 de junho de 2012 11:25

boom!!!

Yama em 14 de junho de 2012 13:26

Bom ou boom mesmo? rs rs rs

Postar um comentário