Para onde foram as coisas?

9 comentários:

Keyser Soze em 10 de janeiro de 2012 09:43

Yama, isto que você está passando é bastante comum, se for em dias esporádicos, devemos nos dar o direito de não fazer nada, pode ser alguma coisa física, falta de alguma vitamina, talvez esteja dormindo pouco ou comendo errado, na maioria das vezes que me sinto assim é porque não fiz algo que deveria fazer no que se refere a rotina de alimentos e sono, às vezes uma boa conversa já resolve, evidentemente se esta tristeza e falta de vontade for crônica é importante procurar um nutricionista ou um profissional que possa te ajudar sempre lembrando é preciso coragem para buscar ajuda.

Yama em 10 de janeiro de 2012 09:46

Complicado. Uma hora descubro o que acontece.

Anônimo em 17 de janeiro de 2012 01:11

Cara, ja é madrugada e eu tava aqui vagando pela net vendo blogs e mem deparei com o seu. Esse foi o segundo post que li e o que mais me chamou atenção. Me identifiquei bastante com o que você disse aí.
Também me sinto assim, no começo achei que era uma coisa passageira, mas conforme os anos vão passando, parece que tudo vai ficando pior.

Eu estou sempre com aquela sensação de que falta algo. È muito chato isso.

Yama em 17 de janeiro de 2012 08:38

É realmente desagradável sentir isso. Mas é aquele básico, temos que tomar providências para resolvermos nosso próprios problemas, só basta descobrir como.

yokama_ em 18 de janeiro de 2012 01:33

Aí que tá, como resolver algo que nem sabemos direito do que se trata?
Eu costumo pensar que o único jeito é tomar certas atitudes e mudar, Parar de esperar algo aparecer, alguma resposta surgir magicamente através de um pensamento inspirador.

Yama em 18 de janeiro de 2012 07:57

Sim, é praticamente impossível resolver. A ideia de mudar é interessante.

Anônimo em 19 de janeiro de 2012 01:24

E o que impede essa mudança? medo?
Acho que se as coisas não são legais como estão, ficar aceitando essa situação esperando uma mudança acontecer, não vai levar a lugar nenhum.
Mas nós temos o poder de mudar, de fazer algo diferente, tem que passar pelo medo de que algo vai dar errado e parar de ouvir as dúvidas.

Yama em 19 de janeiro de 2012 07:54

Mudanças acontecerão, querendo ou não.

Anônimo em 20 de janeiro de 2012 01:30

Fato!

Postar um comentário