Apenas um beijo.

2 comentários:

Juliana Gonçalves. em 8 de abril de 2012 15:34

Quando a amizade vai além parece que é loucura, a pessoa que você tinha como uma grande amiga começa aos poucos se tornar algo tão especial que você começa a ver com outros olhos. Mas quando o coração já está calejado bloqueia qualquer ação, mesmo que no fundo seja o certo tentar.

Me causou um certo momento nostálgico, comigo é um pouco diferente. Porque tem outro fator envolvido, porque sabemos tudo um da vida do outro, coisas que eu não tinha sequer necessidade de saber, mas a minha amizade com ele é tão especial que acabamos dividindo a vida, a rotina... Tanto que em um momento se “rendemos” e por lembranças acabei me afastando de vez dele. Mas enfim, isso não importa, afinal ainda não consegui me afastar de vez.

Sei que é fácil falar isso, mas tente! Uma coisa tenho certeza abafar isso não dá certo e se afastar é pior.

Adorei o texto e você não me parece tão frio quando leio seus textos. Eu acho que o seu lado extremamente emocional se encontra na ponta dos dedos. Estou encantada com este texto, você me causa nostalgias e eu não sei se isso é bom ou ruim.

Beijos.

Yama em 8 de abril de 2012 16:11

Realmente nunca pensei nessa pessoa de uma forma diferente. Na realidade, sequer tive algum interesse a não ser a amizade e prossigo com o mesmo pensamento.

O sonho foi bom, apesar de ter parecido apenas uma piscar de olhos, mas acordei com uma sensação estranha mas não digo que seria algum sentimento diferente da amizade.

Cansei de me envolver com pessoas, ando tão bem assim que não consigo mais imaginar a vida compartilhada com alguma desconhecida, por mais que conheça a pessoa. Já tenho diversas manias que não são suportadas por qualquer um. Dividir a vida, agora, seria um desastre.

Pessoalmente também não pareço tão frio, até me demonstro uma pessoa alegre, não no sentido "ruim" da coisa. rs rs rs Mas quando me relaciono, as coisas mudam, meu lado sombrio transparece, meus demônios surgem para estragar as coisas. Como disse a minha psicóloga: prefiro não me envolver com alguém para não machucar essa pessoa.

Fico muito feliz em tê-la presente nesses textos onde tento demonstrar o pouco sentimento que restou após tantas batalhas. Fico mais feliz ainda por sentir realmente o texto e não apenas passar por uma simples leitora.

Beijão

Postar um comentário