O beijo tão esperado.

2 comentários:

Juliana Gonçalves. em 6 de setembro de 2012 21:45

Ual! Saudades de ler textos apaixonantes como esse! Não preciso repetir que você é meu escritor favorito e que adoro qualquer texto que você faça, mesmo aparecendo só aqui no “Na sua estante”, eu leio todos. Além de dar uma “passeada” pelos antigos...

Se eu não fosse uma pessoa tão "chata", que não inventasse tantas coisas para me manter sozinha. Eu diria pra você parar de besteira e ir logo atrás do que quer. Mas... Eu não faria o mesmo, então eu seria hipócrita falando isso.
Mesmo achando isso um defeito enorme que eu tenho e que de certa forma ando tentando tirar do meu subconsciente.

Tento me manter um pouquinho mais "coração" do que "cérebro". Mas eu sou péssima em conselhos, então como uma boa devota do destino, acho que as coisas simplesmente acontecem [mesmo precisando de um empurrão ali e outro aqui].

Beijos.

Yama em 7 de setembro de 2012 22:29

Ah, ainda mantenho os texto no "Na sua estante" porque sei que você adora e tem mais um ou duas pessoas que ainda leem. rs rs rs

Você não seria hipócrita se dissesse para eu ir atrás do que quero. Não é porque pensamos ser melhor ficar sozinho que não podemos dizer para alguém ir atrás do seu grande amor. rs rs rs Mas desde sei lá quando, as "histórias" do "Na sua estante" são apenas histórias. Algumas viagens ou delírios do meu subconsciente durante o sono ou durante os sonhos acordados. rs rs rs

Penso da mesma maneira, mas sempre é possível evitar que as coisas aconteçam e sou mestre nisso. rs rs rs

Beijão

Postar um comentário