Diz que me ama?

2 comentários:

Juliana Gonçalves. em 11 de novembro de 2012 20:31

Ah a palavra "eu te amo", estopim de todas as discussões que tive. Não tenho costume de falar isso, não sei se é frieza. De vez em quando eu até falo, mas é tão espontâneo que eu nem percebo quando sai, mas agora ficar falando todo santo dia... Não me agrada.

O mais engraçado é ver que o "amor" que tanto falam, só é amor por causa dessas palavras. Acho que é por acreditar nisso que tem muita pessoa se apegando e tendo a ilusão de amor eterno.

E não são apenas os homens, as mulheres (ou uma parte delas) não sabem dizer essa palavra que todo mundo faz questão de ouvir para ter certeza de um suposto "amor".

Beijos!

Yama em 11 de novembro de 2012 23:18

Isso devia ser banido do repertório, só funciona quando não é incorporado a rotina.

Infelizmente, algumas pessoas perderam o verdadeiro significado dessa frase.

Beijão

Postar um comentário