Onde está o amor?

4 comentários:

Keyser Soze em 30 de agosto de 2013 11:51

O amor maduro é menos emotivo,tem mais a ver com gostos iguais e admiração, neste quesito acho que as mulheres levam vantagem, dificilmente você encontrará uma mulher numa relação em que ela não admire o parceiro e geralmente quando esta admiração vai embora, ela também vai; a ingenuidade da juventude nos leva a viver amores intensos que geralmente nos machucam muito, mas na fase adulta, temos mais critério e não temos mais tempo para perder com bobagens, sabemos o que queremos e a quem queremos, não há mais tempo para paixões e loucuras de amor, apenas a vida tranquila de uma pessoa que se não é a ideal, pelo menos é a que te aceita como você é. Espero ter contribuído.

Yama em 30 de agosto de 2013 22:02

Por isso prefiro ficar sozinho. rs

Roberta Zanatta em 31 de agosto de 2013 16:22

Nunca senti algo tão forte e profundo a ponto de dizer que era um grande amor. Sou mais razão do que emoção.
Mais vale a calmaria de uma brisa suave do que um vendaval de paixões complicadas.
Na verdade acredito que o amor se tornou obsoleto e infelizmente esta em desuso.
Gostei da forma que acabou escrevendo esta categoria e ainda digo que ficou bem próximo da minha realidade

Yama em 1 de setembro de 2013 11:14

Também sou assim, mas em uma época da vida não tive esse senso. rs rs rs

A calmaria traz paz ao espírito, como diria... Não lembro quem disse isso. rs rs rs

Não estava em um dia de grande inspiração, preciso melhorar. rs

Postar um comentário