Batizado do meu sobrinho lindo

Eu, do fundo do coração, odeio ir a igreja!!! Não porque tenha ódio de Deus ou de qualquer outra coisa, apesar que odeio religião, principalmente as que pregam coisas absurdas!!! Mas houveram momentos especiais em que abri mão de minha personalidade extremamente forte e acabo entrando em uma ou outra igreja, até porque você sempre tem aquele amigão, aquele sobrinho ou aquele qualquer coisa que você necessita estar presente nesse tipo de evento!!!
Pois bem, hoje foi o batizado do meu lindo e maravilhoso sobrinho!!! Fui eu, com meu pentagrama causar terror dentro da igreja!!! Brincadeiras à parte, fui ali, conferir de pertinho o batizado do meu amado, da coisinha mais fofa desse mundo!!! Achei que teria um padre chatão, mas muito pelo contrário, o velhinho era muito gente boa, nem reclamou da multidão que se formou ao lado do altar pra tirar fotos, achei que seríamos xingados naquele momento!!!
Meu sobrinho se comportou muito bem, até que ele começou a fazer "toooooooorta", acho que é do Backyardigans, não sei se é assim no desenho, mas meu sobrinho mete praticamente um tapa na cara de quem ele faz "toooooooorta"!!! E não é que no meio do sermão ele começa a fazer isso, minha cunhada quase morre de rir, se segura, quando ela consegue se controlar, lá vai meu pequenino novamente, "toooooooorta"!!!
Nesse momento quase tive uma crise, mas como sempre mantenho a compostura, eu me segurei bravamente para não cair na gargalhada e atordoar a igreja inteira com minha risada macabra!!! Deu um pouco de dó que foi um pouquinho longa a duração, achei que seria mais curta, chegou uma hora que ele queria porque queria ir para o colo do pai, mas como o padre havia dito, ele tinha que ficar com a mãe naquele momento!!! Mas ele se comportou bem!!!
Por ele ser apaixonado por água, achei que no momento do batismo ele não fosse chorar, mas não é que ele acabou chorando!!! Acho que ele não gosta que qualquer jogue água na cabeça dele!!! Mas eu cheguei em minha cunhadinha e na minha mãe, que estavam sentadas no banco e profanei: "Sabe, acho que água benta queima, isso é sinal de que ele é filho do capeta", brincadeira super sadia, básico, se não brincasse com esse tipo de coisa, não seria eu!!!
Mas eu acho que essa tal água benta deve vir pelando, porque tinha uma pobre criança que depois que foi batizada, tava toda vermelha e não parava de chorar, parecia que estava até sentindo dor!!! Será que o padre se injuriou com o moleque e bateu com a conchinha na cabecinha do pobre coitado???
Depois de mais um pouco de sermão, o nosso querido velhinho, calma não foi papai noel, decidiu encerrar a cerimônia, tiramos uma foto com o padre, os padrinhos e meu lindo sobrinho e saímos!!! Ufa, estava na hora, precisava muito fumar, isso porque não durou nem uma hora pelo que percebi!!! Mas acho que o ambiente "igreja" não me faz muito bem e precisava sair dali!!! Na saída, todos resolveram tirar uma foto na porta da igreja, o lugar desgraçado pra parar hein gente??? Cometi hoje, umas das maiores indignações que tenho na vida, paramos bem na entrada pra atrapalhar os outros a saírem!!! Que coisa meiga, estava até me sentindo muito mal nesse momento!!! E eu falando para a fotógrafa: "Tira logo a foto", isso porque me segurei e não gritei: "Caralho, tira logo essa porra de foto pra sairmos da entrada da porra da igreja e o resto conseguir sair", viram como estou virando um rapaz bonzinho demais??? Estou até preocupado!!!
Agora vem a parte ruim, mas muito ruim mesmo que aconteceu hoje!!! Quase chegando ao local onde deixei a moto, coloquei a mão no bolso e adivinhem??? Cadê a porra da chave??? Me bateu um desespero, uma angústia, um sofrimento, só não deu tempo de começar a suar frio!!! Nesse momento me veio a imagem na cabeça, eu enrolando em cima da moto para esperar meu irmão chegar de carro e depois que ele chegou, percebi que havia deixado a chave do contato da moto e pior, deixei a moto pronto pra dar partida!!! Quer dizer, corri o risco de levarem a chave, porque duvido muito que conseguiriam levar a moto, e corri o risco de ter ficado sem bateria!!! Por sorte, encontrei a chave no mesmo lugar, acho que o mendigo que estava ali ficou olhando a moto, devia ter dado uns trocos pra ele, consegui dar partida e fomos embora!!!
Depois do susto, da caminhada até em casa, fomos almoçar uma feijoada light, aliás, que maravilha de feijoada light!!! Do jeitinho que gosto, bem temperadinha, na medida certa, sem excessos!!! Comi duas pratadas enormes, isso porque ainda estou ruim por causa do almoço de quinta!!! Foi um almoço hiper mega bacana, família é uma coisa muito bacana, aliás, nem todas, mas a minha eu amo de paixão!!! Amo passar as tardes com meus irmãos e minhas cunhadinhas!!! Meu sobrinho então nem se fala!!!
Mas até agora, o melhor momento pra mim, foi a hora que meu sobrinho emburrou, aí fui ali do outro lado do quintal, chamei ele pra sentar do meu lado e ele sentou!!! Até esboçou uma conversa curta e com muita braveza!!! Eu amo demais esse moleque!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário