Por todas as lágrimas...



E de repente você se pega encolhido num canto de um quarto de hotel qualquer, parecendo aquele garoto de 18 anos que perdeu o pai... Verte todas as lágrimas que não derramou por mais de uma década, simplesmente não consegue conter todas tristeza que mora em seu peito há alguns meses. Tenta pensar em outras coisas, bebe uma cerveja aqui, outra ali e mesmo assim nada tira da cabeça aquele pensamento amargo...