Mudanças no vlog.

Vlog.

Vivo dizendo que preciso mudar o vlog, que preciso inovar, mas nunca consigo ter uma ideia que me agrade. Quando tenho uma ideia, não consigo viabilizá-la, talvez seja o fato de não ter noção do que é interpretação. Mas, também acho que não ficaria muito legal fazer um "papel" ao invés de ser "natural",  entre aspas porque alguns dizem que não pareço eu mesmo.

Matarei o meu não tão famoso bordão, sim, aquele que muitos adoram me dizer quando me encontram pela primeira vez e acompanham o vlog. É legal ser reconhecido pelo bordão, mas diversos assuntos não se enquadram legal para iniciar com a frase "Você é o tipo de pessoa...", por isso deixarei de utilizá-lo.

Batman - The Dark Knight Rises.


================= AVISO DE SPOILER =================

Acredito que não tenha ser na face da Terra que ainda não tenha visto "The Dark Knight Rises", mas é sempre bom avisar sobre spoilers. Para quem não sabe o que são spoilers, vá procurar no Google.

===================================================

Batizado.

A filha do mal.

Batizado é algo que não compreendo. Você paga uma taxa para um cara molhar a cabeça do seu filho para tirar um pecado que ele não cometeu. Começa errado pela taxa, nunca ouvi falar que Jesus cobrava o povo para fazer milagres. Está bem, vamos esquecer essa parte da taxa, afinal de contas, a igreja também precisa de dinheiro. Mas sejamos sinceros, a justificativa é que eles precisam bancar as "custas" de acordo com o padre. São custas realmente caras, um óleo que parece Liza e molhar a cabeça da criança com água benta. Será que essa água foi importada do Vaticano?

Implique, mas não complique.

Sheldon Cooper.

Todo grupo, seja de familiares ou amigos, tem diversos tipos de pessoas:
O prestativo, que sempre está disposto à ajudar todos;
O "Forrest Gump", aquele que conta histórias que ninguém consegue acreditar;
O piadista, que mesmo no meio de um velório, consegue contar uma piada;
O chato, que nada está bom mesmo que seja a melhor coisa do mundo;
O implicante, que mesmo quando as coisas estão perfeitas, ele implica com algo;
E diversos outros.

Quanta falta...

Saudade.

Sentir falta de alguém poderia ser menos doloroso, menos importante na vida de qualquer ser humano... Talvez, se passasse despercebido seria algo até suportável tamanha sua grandiosidade. Seus olhos, sua risada, todo seu charme impregnam na mente de qualquer ser normal.

Às vezes penso que seria melhor não ter conhecido você, que talvez a vida fosse mais simples e fácil. Poderia não ter toda alegria que tive durante um tempo, mas hoje não sentiria falta, hoje poderia dormir em paz. Sim, é difícil, não, é praticamente impossível dormir sem falar com você.

Feriados malditos.

Feriados malditos.

Além da falta de criatividade, essa semana tive diversos contratempos que me tomaram demais. Odeio semanas com feriado, principalmente no meio dela. Além de quebrar o ritmo, te obriga a correr mais ainda. Já basta a sexta-feira, que é como sempre disse, todos os clientes deixam pra resolver seus problemas na sexta. Enquanto alguns estão mais acomodados na sexta, outros estão se fodendo o dia inteiro.

Mas, não importa, faz parte da vida e temos que aceitar, pelo menos é o que sempre digo para meu subconsciente. A correria foi tanta que esqueci de editar na segunda e fiz correndo na terça, me dediquei tanto para não faltar com o vlog que esqueci de jantar. Infelizmente, não deu tempo para escrever o post de quarta, que tanto gostaria de escrever.

YouTube e seus anúncios.

Aguarde...

Me inspirei em uma discussão e um vídeo para falar sobre esse assunto, que provavelmente não interessará à diversas pessoas. Por que as pessoas utilizam aquele anúncio onde somos obrigados a esperar cinco segundos para fecharmos? E por que muitos reclama disso?

O lance é bem simples para a segunda questão, acredito que a maioria compartilhe da mesma opinião que eu, mas possivelmente as pessoas gostam de assistir coisas no YouTube por não existirem anúncios. Pelo menos, quando são os pequenos com a opção de fechar, ninguém se incomoda.

Citações de House.

House.

Meus caros, principalmente os fãs de House, provavelmente os posts de sexta, que são de citações de House, acabarão. Isso porque tenho apenas mais uma citação guardada e ando um pouco sem tempo para encontrar citações interessantes.

Essas primeiras que foram postadas encontrei em um site, o que facilitou muito a criação dos prints e outras foram encontradas em algumas lembranças de meu subconsciente. Agora, para pegar novas citações, teria que rever todos os episódios e sair anotando para caçá-las, o que anda bem difícil com a escassez de tempo.

Tentarei encontrar tempo ou algum site que contenha mais citações para tentar prosseguir com esse trabalho. Espero conseguir, porque eu realmente curto House.

Diz que me ama?

Mais que palavras...

- Você acha que se disser que te amo, algo mudará em nossas vidas?
- Não sei, afinal de contas, nunca me disse isso. E nossa briga, nesse momento, é exatamente sobre isso.
- Tá, mas que diferença fará? As coisas não estão bem entre nós?
- Sim, estão, mas sempre sinto que falta algo, amor.
- Vamos pensar da seguinte maneira, você vive dizendo que me ama, correto?
- Sim, sou a única nessa relação.
- Mas e suas ações? Por um acaso acha que elas demonstram isso?
- Como assim?
- Amor, seus gestos, seu modo de me tratar, o modo como lida com nossa falta de tempo, demonstram o quanto me ama?
- Nunca parei pra pensar nisso.
- Então, talvez seja hora de rever seus conceitos. Acho que gestos valem muito mais que palavras apesar de parecer clichê. Nunca parou para analisar como eu te trato e como você me trata? Nunca percebeu que seu grande "amor" é apenas de palavras?

A troca.

Um amor para recordar.

E se eu tivesse insistido em você ao invés de partir para o outro lado do mundo? Se simplesmente tivesse ignorado o grito apaixonado dela e continuasse tentando ficar com você? Será que as coisas seriam diferentes? Será que estaríamos juntos?

Eu tenho minhas dúvidas, talvez nem passasse dos beijinhos, talvez um sexo mas nada muito sério, acredito eu. Talvez pudesse virar um amor ou algo maior que apenas ficar, mas provavelmente também não duraria assim como foi meu último namoro.

Finados

Finados.

Aprendemos muitas coisas com nossos pais. Bons modos, estudos e um monte de outras coisas só ocorreram pelo incentivo ou exemplo deles. Esse lance de ser família ou não, também acredito que herdamos deles.

Esse feriado de finados me fez pensar em algo que não herdei de meus pais. Todo ano viajávamos para o interior, uma cidade chamada Cândido Mota, ficávamos na casa de minha tia e sempre íamos visitar o túmulo de meus avós em Assis. Quando estávamos próximos do feriado de finados, um certo desespero tomava conta de mim pois sabia que passaria de 5 a 6h em um viagem quase infinita.