Todas as respostas.


Todos erramos, alguns mais, outros menos. Seja na vida profissional ou pessoal, mas todos erramos. O grande problema é quando não encontramos o motivo? Depende do caso, claro. Mas e quando sabemos o motivo e continuamos errando? Pior quando acreditamos que aquilo que com certeza é o motivo mais plausível do mundo não seja o real motivo ou não seja plausível.

Todos temos defeitos, todos discordamos, discutimos e muitas vezes erramos. Muitas vezes são apresentados diversos argumentos comprovando nossos erros, mas algumas pessoas tem a tendência de não conseguir ou não querer aceitar isso. Algumas pessoas são humildes o suficiente para não discutir quando todos os argumentos apontam que está errado, já outras...

Verdade ou mentira?

Amizade.

Eu não namoraria você porque não quero te decepcionar com todas minhas manias chatas. Não ficaria com você porque não gostaria que conhecesse meu verdadeiro eu, aquele que não gosta de metade das coisas do mundo e que tem manias tão insuportáveis que nem mesmo os familiares aguentam. Não te beijaria porque não gostaria de te decepcionar com o gosto horrível da nicotina misturada ao alcatrão.

Ah, quem dera pudesse simplesmente não me entregar a esse sentimento que consome minh'alma, que aos poucos me faz perder a vontade de viver... Tudo é superável na vida, como sempre expliquei ao mundo, mas há certos sentimentos que, às vezes, nos afrontam de maneira avassaladora onde nem mesmo a razão é capaz de deter.

Um amor maior.

Um amor maior.

Meu coração está acelerado, me sinto afogada em meio a tantas lágrimas e desespero. Tudo isso por quê? Simplesmente porque sei que me abandonará na hora que mais preciso de você. Mas, eu já devia saber, é bem do seu feitio, mostra exatamente quem você é.

Você chegou, sem ao menos perceber, estava envolvida com alguém que nunca deveria ter conhecido. Como poderia a filha de um militar se envolver com um drogadinho de merda que não conseguia parar em um emprego? Mas o amor, ah, o amor... Esse nunca explica o porquê, simplesmente nos arrasta para certas oportunidades muitas vezes ingratas. Se eu fosse capaz de agir apenas pela razão, mas sou apenas um coração mole e frouxo em busca de um amor perdido.

Férias quase no fim.

Dexter.

"Aproveitando demais as férias?" Opa, há mais de dois meses.

Minhas férias estão acabando, já comecei as buscas por uma nova oportunidade no mercado de trabalho. Sinceramente, não queria voltar a trabalhar, achei que nunca chegaria nesse ponto, mas é tão bom poder fazer tudo que gosto de forma tranquila.