Um livro?

Escrever um livro?Em uma conversa com o pequeno pequerrucho, tive uma idéia que poderia virar um filme. Uma história que fascinou quando imaginei as cenas. No entanto, claro que não pensei do início ao fim, na realidade, até mesmo me preocupei se alguém já não idealizou isso e já produziu para o cinema, mas creio que não.
Como sou doente por informática e virei um blogueiro maníaco, acredito que essa idéia que tive seja inovadora em termos de histórias. Mas andei pensando e tive outra idéia interessante, escrever posts como se fossem capítulos de livros, pequenos capítulos e fosse publicando até chegarmos ao final da história.
Ainda estou pensando, já criei diversas idéias, só me preocupo porque cada capítulo de um livro normal, é consideravelmente grande comparado aos posts grandes que já criei no blog. Fora que não gostaria de causar expectativas e não conseguir cumprir a entrega de cada post com um capítulo no prazo, porque minha criatividade para a ficção é bem limitada. Em um momento que estou dando uma tragada, tenho idéias fabulosas, no momento que estou apagando o cigarro muitas vezes as esqueço, imaginem esperar até chegar a cada noite em casa e fazer um trecho de um capítulo.
Mas vamos ver, estou amadurecendo as idéias, estou reaprendendo nosso bom português e quem sabe eu não coloque isso em prática, talvez acabe virando uma terapia. Já que apenas a literatura não está me deixando um ser mais amável, quem sabe dechavar algumas palavras contando uma história fictícia não me deixe mais normal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário