Feliz aniversário meu velho

Tal pai, tal filho...Hoje era para eu ter um velho de 63 anos de idade, sentado no sofá, provavelmente assistindo TV ou sorrindo para seu netinho que nem conheceu. Acredito que ele estaria com seu netinho porque creio que meu irmão não viajaria sendo aniversário do nosso velho pai.
É, já fazem 13 longos anos, parece que foi ontem, apesar que minha idade e a dos meus irmãos me fazem relembrar que faz um bom tempo que estamos sem nosso querido velho. E pensar que pouco tempo antes dele partir, comentou comigo que estava ficando velho e que eu o chamaria de velho. Engraçado, porque diferente da maioria dos meus amigos, eu não conseguia chamá-lo de velho, mesmo naquele tom de gíria. Ainda lembro de ter dito que ainda tinha muito chão pela frente para ser chamado de velho, acho que hoje eu poderia chamá-lo assim.
Hoje fiquei imaginando como ele estaria se ainda fosse vivo, como ele se comportaria com seu primeiro neto, como seria uma festa de aniversário para ele. Será que ele teria saído ontem para pescar? Será que hoje faríamos um churrasco? Bom, se dependesse do meu irmão mais novo, com toda certeza do mundo faríamos um churrasco, ainda mais sendo aniversário do velho. Se basta um dia de sol para ele fazer um churrasco, imagine sendo o aniversário de nosso pai.
Será que se ele estivesse aqui aceitaria fazer uma tattoo? Será que aprovaria seus 3 filhos andando de moto? Será que ele seria um avô babão? Perguntas e mais perguntas, todas sem resposta. Por que será que tinha que ser assim? Obra divina? Não sei, não acredito nessas coisas. Fico imaginando se eu acreditasse em deus na época, provavelmente teria deixado de acreditar, porque não me passa na cabeça aceitar que deus quis assim porque seria melhor.
Não tenho que eu não tenha bons amigos para conversar sobre diversas coisas, mas algumas coisas que ocorrem comigo hoje, gostaria de compartilhar com meu velho, pedir conselhos, dicas, sugestões, sei lá. Gostaria de saber o que ele acha da situação em que estamos, se ele estaria orgulhoso de sermos o que somos hoje, dos adultos em que nos tornamos. Bom, uma coisa é certa, se ele tivesse sobrevivido ao câncer, com certeza tomaríamos uma surra quando ele descobrisse que seus 3 filhos fumam.

2 comentários:

  1. vai doido levando a criança em mal caminho abri a mente maluco...

    ResponderExcluir
  2. É possível escrever corretamente para tentarmos interpretar o que quis dizer?

    ResponderExcluir