Quer se aventurar no Linux? Aprenda!

Arrume direito por favor!Eu sou do seguinte aspecto, não sei, vou ler para aprender mais e conseguir fazer as coisas corretamente. Acredito que seja o mínimo que as pessoas devem seguir, principalmente os aventureiros que não tiveram a oportunidade de fazer uma faculdade, um curso especializante ou algo do gênero.
Não sou totalmente contra alguns profissionais aventureiros que trombo pela área de informática, mas vamos partir da premissa básica: "Aprenda antes de inventar de mexer.", quem não concorda com isso?
Pois bem, eu mesmo não sou um especialista fudido em Linux, muitas coisas eu peno para fazer porque não me aprofundei muito em Linux, mas sempre tento adquirir mais conhecimento a respeito porque tenho muitos clientes que possuem servidores com Linux.
Utilizo muito o Slackware mas estou aprendendo o Debian também por causa da virtualização, pois a maioria dos servidores que disponibilizam virtualização tem drivers somente para o Debian. Ontem me conectei em um servidor de um cliente que é administrado pela minha empresa e por uma outra. Na realidade, parece que é um terceiro que faz alguns serviços para eles. Tudo bem, não gosto muito disso, mas não podemos ir contra a vontade do cliente, se ele acha que o cara é melhor para administrar o servidor Linux dele, paciência. Mas concordo muito com a frase: "Cão de dois donos morre de fome.", por isso não sou muito fã de administrar um servidor onde outra pessoa também mexe.
Bom, mas vamos ao curioso caso e a um novo ensinamento para alguns que não conhecem e querem aprender. Nesse sábado houve a mudança do horário de verão, todos os relógios tiveram que ser atrasados 1 hora de sábado para domingo. Modificar o relógio do Windows, é tarefa simples e fácil, do Linux em modo texto, exige um pouco de conhecimento de comandos, lembra muito comandos do antigo DOS. Pois bem para modificarmos o horário na maioria dos sistemas Linux, basta digitar o seguinte comando:

# date -s '[aaaa-mm-dd] [hh:mm]'

Se fizer o teste somente com o comando date, o Linux retornará a data e a hora atuais no seu sistema. O que muitos não sabem é que existe também o comando hwclock, que mostra a hora do hardware, ou seja, a hora que está na BIOS. Se você não modificá-lo, assim que efetuar um boot, o relógio do Linux retornará ao horário que está na BIOS. De que adiantou o comando date com a opção -s para acertarmos o relógio? Nada.
O comando hclock, que seta a hora do hardware, deve ser utilizado após efetuar a mudança do relógio com o date, pois precisamos acertar a hora da BIOS para no próximo boot permanecermos com o horário correto.

# hwclock --systohc

Existem outras opções para o comando hwclock, mas a opção "--systohc", seta a hora do sistema para o hardware, com isso, no próximo boot não teremos mais problemas. O ideal para se acertar o horário de um servidor Linux, é executar os comandos na seguinte ordem.

# date -s '[aaaa-mm-dd] [hh:mm]'
Em seguida verificamos se a hora está correta.
# date
Depois, vamos verificar a hora no hwclock.
# hwclock
Se não estiver, vamos consertar.
# hwclock --systohc
Confirme se está tudo OK.
# hwclock
Pronto.

Em alguns casos, como tive com o Debian que está instalado em uma máquina virtual, mesmo com o comando "date -s" não consegui arrumar a hora, tivemos que modificar na BIOS para o sistema corrigir. De fato, cada caso é um caso, mas na maioria dos casos resolvi o problema de hora com esses comandos básicos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário