Por que as coisas são assim?

Coisas que não compreendo.Para você que convive com alguém, seja pai, mãe, irmãos, tios, namorada, noiva, esposa ou qualquer outra porra que possa estar ao seu lado em um daqueles famosos domingos de manhã, talvez essas indagações caibam em sua pacata vida.
Há muito tempo que tento compreender, com uma certa perseverança de encontrar de fato uma resposta, por que muitas pessoas insistem em conversar com você enquanto você tenta assistir tv? Imaginem o seguinte caso, você nunca, NUNCA, assiste tv durante o dia, o único dia de sua vida em que você senta a bunda no sofá da sala, liga a tv e coloca em qualquer porcaria que te agrade, alguém senta bem próximo de você e começa a contar histórias que não lhe agregarão nada e na maioria dos casos, não tem nada a ver com sua vida ou seu interesse. Por que raios essa pessoa não percebe que você está assistindo a tv e pretende ouvir as coisas ditas no programa? A graça é que você nem olha para a pessoa, não responde as perguntas deixadas ou não faz comentários sobre o assunto e a pessoa insiste em continuar a "monologar" mas com você. Essas com certeza nunca perceberão que apesar da presença de um corpo desconhecido no meio da sala, estão mais sozinhas que Chuck Noland.
Vamos a um outro fato interessante, diversas pessoas conversando em um ambiente, onde está rolando uma "música ambiente", mas você nota que as pessoas estão "conversando" praticamente falando muito mais alto que o de costume. Você começa a notar que apenas falar da maneira que conversaria normalmente não funciona, você está praticamente gritando para alguém que está a menos de dois passos de distância. Nessa hora eu ficaria pensando: "Qual o conceito de música ambiente?", eu sei, é aquela música que domina o ambiente e você não consegue conversar civilizadamente com ninguém. Interessante, se eu quisesse ficar em um ambiente assim, não seria mais fácil eu ir para uma balada?
Interessante também é alguém te perguntar algo, você responder e a pessoa questionar como se soubesse do assunto. Nessas horas tento imaginar o que se passa na cabeça da pessoa, para que perguntar algo que você, teoricamente, já sabe? Se sabia, questionou só para mostrar que também sabe do assunto? Mas os piores são aqueles que discutem sem ao menos saber do assunto. Pergunta sobre algo que realmente não sabe e ainda discute com quem sabe, é nessas horas em que você comenta: "Estudar é para idiota.", não tente convencer a pessoa do outro lado de que ela está discutindo sem ter fundamentos para isso.
Claro que não quero que o caro leitor pense que sou a prova de tudo isso, também tenho falhas como todo mundo, mas existem uns que mereciam ganhar um troféu ou morrerem queimados no inferno. Na realidade, serem atropelados por uma jamanta como eu diria há um tempo atrás.

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Vc esqueceu a parte do cinema. Quando o acompanhante resolve comentar o filme, tipo comentarista de futebol... odeio muito tudo isso.
    Cacete!

    ResponderExcluir
  3. Nossa, nem me fale dessa parte, eu prefiro esquecer que existem pessoas assim. rs rs rs

    ResponderExcluir