Dinheiro é o problema?

Puta que pariu...Já teve vontade de matar alguém? Acredito que todos já tiveram, todos conseguiram chegar a um nível de estresse que ultrapassa o limite do que chamamos de sadio. Pois bem, diferente da grande maioria da população, eu sou hiper mega estressado, principalmente quando eu falo, falo, falo e mesmo assim resolvem fazer uma cagada totalmente sem sentido depois de todo sermão ou explicação concedido.
Junte à isso a falta de tempo, de mão de obra e a pressa para que as coisas saiam e sejam entregues no prazo. Pronto, temos todos os ingredientes necessários para enfartarmos alguém ou simplesmente fazermos alguém ganhar um derrame de presente de natal.
Acredito que muitos tirariam isso de letra, pois simplesmente tocariam o foda-se ou algo parecido. Poderia resolver de duas outras maneiras: despedir alguém ou simplesmente pegar tudo para fazer, mas infelizmente essas duas opções, no atual cenário em que me encontro, é totalmente inviável. E também não quero ficar sem meu mascote, mas tem horas que dá realmente vontade de cometer um homicídio.
Mas é claro que ele não é o único motivo de estresse, existem outras pessoas, é, parece inacreditável, mas vivemos cercados de pessoas que na maioria das vezes servem somente para nos estressar. Então, sinceramente, não vejo motivos para outros reclamarem que estresso as pessoas, é simplesmente um círculo vicioso, é uma cirandinha, é uma roda gigante, uma fila circular. O infinito caos que transtorna minha vida e que por consequência à de outros. Mas é como falo para minha cunhada, não é porque estou desgostoso com a empresa, não é por causa da falta de grana que ando passando, são realmente as pessoas, elas me estressam, eu não consigo mais conviver com pessoas. Principalmente quando simplesmente elas estão ali para preencher uma lacuna, quando elas servem somente para esquentar um assento. Para que serve esse tipo de pessoa? Eu sinceramente ainda não descobri, quem sabe um dia descubro isso. Por enquanto, vou caminhando contra minhas emoções, tentando me segurar ao máximo, mas é claro que é totalmente impossível fazer com que eu não surte. E ainda por cima tem a maldita copa para ajudar...

Nenhum comentário:

Postar um comentário