Felicidade em pequenas coisas

Amei a caneca minha querida cunhadinha!Essa semana ou na semana passada, contei para minhas cunhadinhas a história da caneca. Eu queria uma caneca há muito tempo, mas nunca fui comprar uma, sempre achei legal mas nunca fui comprar uma. Um belo dia, fomos a um mercado para comprar suco em pó, vimos uma lata de 5L de Heineken e decidimos comprar uma, por um acaso havia visto uma caneca e ia comprá-la também. Fui até o caixa, passei na frente dos meus amigos e comprei a caneca, ainda brinquei com a caixa para ter cuidado para não quebrá-la porque era a primeira caneca que ia comprar na vida e estava realmente feliz com ela. Fui até a porta do mercado com um amigo e ficamos esperando nossos outros dois amigos, fui trocar a sacola de mão e deixei escapá-la. A sacola caiu e a caneca se quebrou.
Esse e mais um outro episódio me fizeram desistir de comprar uma caneca, achei que caneca devem ser ganhas, porque se você compra, vem junto uma maldição que faz com que ela rache só de olhar para ela. Essa foi a história que fez com que uma de minhas cunhadinhas se comovosse e dissesse que iria comprar uma caneca vermelha para mim. Fiquei feliz e agradeci muito por se oferecer a dar uma de presente pra mim. Na sexta de noite, ela veio para ajudar na festa do meu sobrinho, estávamos todos felizes e contentes até que ela se lembrou que havia algo para dar a minha pessoa. Nem lembrei da história da caneca e ela me fez a grande surpresa de me dar essa linda caneca vermelha da foto. Fiquei muito feliz, mas muito feliz mesmo, tenho certeza de que essa chegará a minha mesa no trabalho intacta, porque eu ganhei, não comprei, ouviram!

Nenhum comentário:

Postar um comentário