A descoberta

Estou perdendo tempo. Obrigado por me avisar.Deixe me pensar em algo bem idiota, não preciso de muito esforço para isso, mas vamos analisar o seguinte caso. Por que alguém procura ajuda? Podemos obter diversas respostas, certo? Mas a mais básica de todas e a que a grande maioria pensará, é que a pessoa não consegue fazer o que precisa sozinha. Ou será que ela é realmente capaz de resolver tudo e não precisa da ajuda de ninguém?
Eu acredito, tirando algumas peças raras, que quando alguém procura ajuda é porque não consegue se virar sozinha aquele problema, se realmente fosse possível resolver sozinha, para que pedir ajuda? Acho que tem gente que procura ajuda porque acha legal, talvez porque pense que seja possível existir uma fórmula mágica. Bom, eu sei que não existem fórmulas mágicas para certas coisas e sei que também não existem milagres.
Agora a parte interessante, estou tratando o meu estresse, as minhas explosões emocionais que levam todos a loucura. Nisso me questiono: "O que eu reclamar da vida tem a ver com isso?", quer dizer que se estou tratando o estresse não posso reclamar da vida? Achei que dar bronca aos gritos era bem diferente de reclamar de alguém sem me exaltar. Se as duas coisas são realmente iguais, alguém me explique como, porque até agora não consegui encontrar tal semelhança.
Mas ainda acredito que todos são iguais, ninguém gosta de ouvir reclamações de si, quando pisam no nosso calo dói. Eu sei, porque eu também não gosto e também me exalto por causa disso, por que seria diferente com aqueles que são chamados de semelhantes? Claro, não há motivos para serem diferentes, principalmente quando o reclamante está falando algo que realmente aconteceu. Mas é isso aí, vamos esperar que uma quimioterapia ou uma radio curem um câncer bruto com apenas 4 sessões. Vou colocar toda a fé que não tenho em deus e ficarei rezando até que caia algo do céu para resolver "meus" problemas. Por isso que muitas vezes entendo as reclamações de outros sobre o mesmo assunto, agora é engraçado quando a mesma reclamação se volta contra você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário