6º dia

Novidades?Sexto dia de terapia, ansiedade, preguiça, medo de não acordar cedo, consegui sentir tudo isso em apenas 5 minutos antes de dormir. Fiquei pensando no que falar quando me deitei, notei que não havia muito o que falar, fiquei tentando imaginar, no fundo do meu inconsciente, fiquei implorando para que ele fizesse questões que eu pudesse responder e que ajudassem o tratamento.
Novamente falamos do meu "mundinho", das muralhas impenetráveis de minha proteção invisível, algo que realmente tenho pensando muito. Peguei diversos momentos da vida em que realmente me fecho em um mundo totalmente diferente deste plano. Não tinha essa mesma visão de proteção que me fora colocada, apenas me sentia como um simples ser que não gostava e não fazia questão de fazer novas amizades, de criar novos elos.
É complicado, é triste, é duro de ouvir certas coisas, mas no final valerão à pena, pelo menos é o que espero de todo esse "esforço" que ando fazendo. Até porque, se fizermos algo pensando que não teremos resultado, mesmo que não seja positivo, para que fazê-lo? Não teria o menor sentido fazer terapia sem esperar e me esforçar para que o resultado seja positivo, mas também não espero milagres.
Não sei se isso é algo bom, mas realmente ficar esperando somente o melhor não seria a forma mais correta. Pelo menos fico feliz que sempre que faço uma sessão, saio com a alma leve, me sinto como se tivesse feito uma lavagem mental, algo que realmente me deixa melhor para o restante da semana e para enfrentar o final de semana. Vamos ver até quando levarei isso e que tipo de resultados teremos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário