Pai

Pai.Eu ia deixar passar em branco esse dia dos pais, mas não sei porque raios resolvi escrever algo hoje. Na realidade, eu sempre tento esquecer que é dia dos pais porque não tenho mais pai. Todos os dias da minha vida fico tentando imaginar como seria se ele fosse vivo hoje. Não faço a mínima ideia de como ele lidaria com o netinho dele, com seus filhos seguindo o caminho que seguem e tudo o mais, nem ao menos sei se meus pais ainda estariam casados, acredito que sim.
É doloroso lembrar que ele não vive mais entre nós, ficar imaginando a vida com ele, depois de quase 14 anos sem ele. A situação é complexa porque perdemos nosso pai muito jovens, apesar dos meus 18 anos na época, acredito que não seja uma idade muito bacana de se perder o pai, principalmente porque é uma idade cheia de mudanças e novas aventuras, acredito que muitas dicas dele talvez teriam mudado os rumos que meus irmãos e eu tomamos. Talvez não fôssemos nada disso que somos hoje, talvez melhores, talvez piores, o que importa de fato é que nunca saberemos. Mas o mais importante disso tudo foi o que ele nos deixou, e não foi dinheiro, mas toda sabedoria, carinho, educação, garra e tudo o que somos hoje, provavelmente devemos à ele. Acho que se ele estivesse vivo, teríamos tentado com mais garra ainda, teríamos conquistado muito mais coisas, mas tudo que conquistamos devemos com toda certeza à ele. Feliz dia dos pai, esteja onde estiver...

Nenhum comentário:

Postar um comentário