16º dia

Cap. Nascimento, muito prazer.Como alguns já sabem, certa época de minha vida, ganhei a fama de ser tal qual o Cap. Nascimento, mesmo não sendo coordenador do curso. A fama que me precedia não era das melhores, só pelo fato acima, já é notório que ninguém me via com bons olhos.
Discutimos sobre isso na sessão de hoje mas do ponto de vista de eu ter esse enorme desejo de afastar as pessoas de meu convívio. Sinceramente, como comentei, eu realmente fazia isso, algumas vezes consciente, outras não, mas era sempre a mesma coisa. Dava porrada no povo, o povo ficava com medo de me perguntar qualquer coisa e quando tinham que perguntar algo, evitavam ao máximo ter que chegar nesse ponto. É uma triste realidade, de fato, isso não é algo que um colaborador de uma empresa deveria fazer, sim, na época eu era apenas mais um número. Era um merda como qualquer outro, mas o fato das coisas não andarem como deveriam me estressava demais.
Legal que chegamos no ponto sobre isso também ser o motivo de não querer namorar, não vejo bem com essa ótica mas talvez até seja, vai saber, afinal de contas, ultimamente não tenho tanto domínio sobre minha mente e muito menos sobre minhas decisões. Estranhamente minha mão voltou a tremer, mesmo quando não estou muito estressado, quando fico um pouco bravo com algo, começa a tremedeira e só para quando consigo realmente me acalmar. Fato estranho e preocupante esse, já que antigamente não era tão fácil de chegar na tremedeira. Espero lembrar de conversar sobre algo que quero falar na próxima sessão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário