Causa perdida

A operação está errada...Sinceramente, depois de ver o "Tropa de Elite 2", me identifiquei mais ainda com o carismático, agora coronel, Nascimento. Porque como muitos nesse país, lutamos por uma causa perdida, uma que é praticamente impossível de se vencer. E realmente isso gera um tremendo desânimo de tal forma que te faz rever todos os conceitos que você tem relacionados à vida e a sua profissão.
Algo que está martelando demais em minha mente é a frase: "Cansei de dar murro em ponta de faca...", na época em que um camarada disse isso pra mim, eu já sabia o que significava, mas não tinha imaginado a magnitude do negócio. Antigamente, nunca pensava em desistir, hoje em dia a história é completamente diferente. Tem horas que dá realmente vontade de jogar tudo para o alto e gritar em alto e bom som: "Eu desisto!", mas algo me puxa de volta pro buraco.
Não sei mais responder o que me segura, o que me faz levantar todas as manhãs e partir em direção ao mesmo lugar, ao mesmo destino e enfrentar as mesmas idiotices de sempre. Mas realmente existe alguma força que não me faz desistir, que não me faz retroceder, por enquanto, mas espero que antes dessa utopia me consumir de vez, as coisas mudem ou eu mude. Não tem o mínimo sentido continuar do jeito que transgredimos certas regras coerentes pensando em coisas completamente incoerentes. O tal conformismo, que não deve ser julgado como tal, consome cada vez mais a mente daqueles que deveriam se levantar ao meu lado para combater nesta guerra, mas não é bem assim que acontece, muito pelo contrário, talvez o bom senso em excesso faça com que as coisas permaneçam do jeito que estão.
Algo que realmente não compreendo é a cegueira que tomou conta do lugar, porque não há outra explicação plausível para aceitarmos muitas das coisas que estão acontecendo. Claro, sou também uma das coisas ruins, mas sempre pensando no melhor, não faço da forma que seria julgada como correta, mas também não cruzo meus braços e fico esperando o navio afundar como o Titanic. O apocalipse está chegando, é fato, algo de muito grandioso ocorrerá, se é para o bem ou para o mal de todos, sinceramente, não faço ideia, a única coisa que me importa neste exato momento são mudanças. E tenho uma forte tendência a chegar com os dois pés no peito para resolver as coisas...

Nenhum comentário:

Postar um comentário