Quem disse que homem não tem medo?

Medo?Acredito que a maioria dirá que não, que nunca sentiram medo de se apaixonar e se machucar por causa dessa pessoa. Na realidade, tenho quase plena certeza de que todos responderão que nunca sentiram esse medo. Normalmente, os sentimentos dos homens são em diferentes das mulheres, choramos apenas quando amamos demais a garota em questão mas existem casos raros em que somos mais sentimentais e mesmo na época da paixão sentimos algo avassalador.
Ainda concordo que somente quando a paixão vira amor é que podemos decidir o quanto nos importaremos com a pessoa em questão mas acho que tudo começa na paixão. Porque da mesma forma que o amor, a paixão diversas vezes também machuca, principalmente quando nosso alvo corresponde mas mesmo assim não podemos almejá-lo. Talvez essa seja a fase em que mais sentimentos certas coisas que muitas vezes quando amamos, não "necessitamos" mais sentir, desde que seu sentimento seja correspondido.
Quando amamos e somos amados não temos tanto medo de perder, desde que façamos tudo para deixar nossa amada segura e com isso também nos sentirmos seguros. Carinho, elogios, são pratos básicos servidos no dia a dia para mantermos o amor sempre em alta. Quando estamos apenas apaixonados, corremos sério risco de perdermos, de qualquer coisa simplesmente servir de "desculpa" para que aquele encanto todo acabe. Claro, nesse momento, muitos dirão que se não der certo nessa fase, é porque não era pra dar. Concordo em partes, mas ainda acho que as tentativas e erros, em muitos casos, nos levam para rumos diferentes.
Infelizmente, em alguns casos, não podemos praticamente nem tentar, diversos impedimentos podem fazer com que cheguemos a esse ponto tão crucial, diria até que cruel de um futuro relacionamento. Como digo algumas vezes: "Se acreditasse em papai do céu, diria que ele é um pândego...", continuo a pensar dessa forma, porque colocar uma pessoa tão perfeita perante meus olhos e depois tirá-la de mim, é algo que somente um piadista poderia fazê-lo.

2 comentários:

  1. Olha só, um outro lado do Yama Marcelo...

    Então, amar, não é algo que tem uma bula, um mapa, uma descrição que vai nos ajudar com isso...

    É como dizem, é entrar num buraco negro e sem saber o que tem lá dentro, apenas ir pela curiosidade.

    O amor é assim, para cada um é de um jeito, para cada idade e maturidade que adquirimos também, só não podemos esquecer que antes de amar alguém, temos que nos respeitar e nos amar, após isso respeitar o outro.

    E fora que procurar alguém perfeito é algo que vc nunca vai encontrar, se baseado no fato que não somos, como poderemos ter o direito de ter tal pessoa?

    Bjus e Faça-me uma visita no meu blog!!!

    ResponderExcluir
  2. É, apesar de ser meio chucro, meio estúpido, muitas vezes até meio bruto, eu tenho um coração mole. Que na realidade, hoje em dia, protejo com unhas e dentes porque cansei de sofrer. Chega uma certa idade, que aprendemos a evitar certas coisas, se bem que às vezes a vida nos arma uma bela armadilha e nos faz cair direitinho. rs rs rs
    Realmente, amar é algo totalmente misterioso, é como promover uma incursão noturna em terreno totalmente desconhecido e perigoso. Mas é algo realmente bom, quando amamos de verdade e somos correspondidos.
    Não procuramos alguém perfeito, na realidade acredito que tornamos a pessoa amada a pessoa perfeita, com o mínimo possível de defeitos pelo menos, porque quando amamos de verdade, felizmente ou infelizmente, só vemos coisas boas nela. rs rs rs

    Beijão lindona!

    ResponderExcluir