Para onde foi minha criatividade?

Perdido.
Me questionaram se ando com preguiça de escrever. Não, mentira, ninguém perguntou porque praticamente ninguém lê este blog, são muito poucas pessoas e os leitores que ainda aparecem de vez em quando, não cobram posts. Fico até feliz com isso, imagine como eu seria se houvesse cobranças neste canto que é praticamente um refúgio nos momentos em que preciso gritar e não posso.

Talvez isso me levasse a um patamar melhor, quem sabe? Se cobrassem, será que escreveria mais? Não consigo acreditar nisso, até porque escrever um post, fazer um vídeo, tudo exige criatividade e quando ela é praticamente nula, não há milagre que faça as coisas mudarem. Tudo isso exige dedicação mas o mais importante, o tempo.

Mas não tenho escrito muito nesses últimos dias porque ando pensando demais em diversas coisas. Seja na vida, na morte, na paz ou na guerra, tudo que anda passando como um tsunami em minha mente, não me permite focar nas coisas que gostaria de escrever.

O triste é quando tenho uma ideia para escrever um post ou um texto para o vlog e não posso parar para fazê-lo. Muitas vezes faço anotações mas que nunca são suficientes. Em diversos momentos, tenho ideias que talvez fossem legais para um post ou um texto para o vídeo mas que exigiria detalhes demais para uma simples anotação, o que seria mais prático escrever o post ou o texto logo de cara. Mas como a vida não é feita apenas de coisas boas, o trabalho faz parte, não que seja algo ruim, gosto do que faço, mas tenho "grandes" ideias quando estou no escritório.

Talvez sejam as situações em que me encontro por lá, talvez seja o pensamento mais livre e mais produtivo quando estou no ambiente em que tenho que produzir. Inverterei as coisas, escreverei textos no escritório e trabalharei em casa, será que deixarei de produzir o meu ganha pão ou passo a ganhar dinheiro com aquilo que não espero ganhar? Ah, nunca tive a pretensão e sei que não seria capaz de atingir um patamar de ganhar dinheiro com blog ou vlog, calma gente, não estou tão surtado assim.

Ainda tenho esperanças de voltar a escrever, não somente posts sobre sentimentos mas os que escrevia diariamente sobre coisas que me incomodavam no cotidiano. Acredito que o fato de levar esse tipo de assunto para o vlog, culminou na extinção de certos posts, mas alguns assuntos não debato por lá pois não há muito sentido. Na realidade, até existe sentido falar sobre essas coisas por lá, mas gosto mais de escrever quando reclamo sobre coisas do trabalho. Principalmente, porque essa foi a grande razão de resolver criar um blog e tentar escrever as coisas tenebrosas que ocorrem no meu ambiente de trabalho.

Se parar pra analisar, comecei a perder um pouco do foco e das ideias quando decidi fumar menos em meu quarto. Agora, me policio para fumar a cada 1h, assim como faço no escritório, com isso fumo bem menos e desperdiço menos. Acredito que esse seja um dos motivos para minha criatividade resolver se mudar para longe...

2 comentários:

  1. Escrever, pelo menos pra mim nesses últimos dias, anda sendo mais complexo do que qualquer coisa que eu faça fora do blog. Eu ando perdendo o sentindo das coisas e acabei nesses últimos posts colocando o meu estresse, ao invés de qualquer outro sentimento mais calmo. Cada texto que escrevo, por mais que pareçam longos, demoram tanto para serem escritos, e como você são tantas anotações em cimas de anotações, que me perco no que deveria me ajudar a escrever. E tem alguns que eu disse que nunca postaria, por deixar um tanto quanto aparente tudo que real acontece comigo e bem não seria nada interessante saber dessas complexidades que acontece comigo e com algumas situações. Na verdade escrever sobre mim, me causa uma certa nostalgia, que eu deveria anular textos sobre minha vida. Calma, uma hora sai. E acredite se cobrassem seria pior, muito pior, resultaria em menos criação e mais aflição e estresse. Não que eu seja muito boa em conselhos. rs rs

    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Ando com problemas sérios para escrever porque tenho tomado certos rumos que não deveria. Na realidade, em alguns momentos, tenho muito o que escrever, tenho muito o que "gritar" mas prefiro me abster de certas coisas.
    Espero voltar com meus antigos conteúdos, não somente sobre estresse, mas com coisas legais também. Até mesmo coisas sobre informática, parei de escrever; sinto uma certa falta de falar sobre isso mas não sinto vontade ultimamente. rs rs rs
    É, provavelmente, se houvesse cobranças, acho que não escreveria como escrevo hoje. Não me sentiria livre para criar algo totalmente diferente, não que eu faça algo muito diferente. rs rs rs
    Beijão

    ResponderExcluir