Como é ter sentimentos por alguém?


Sentimentos, nem sei mais como é tê-los por alguém, seja paixão ou amor. São mais de quatro anos sem cair nessa mesmice, afinal de contas, todos meus relacionamentos acabaram. Talvez isso prove o quanto sou insuportável ou que não sei amar, acredito que seria uma mistura dos dois. Há os que digam que denigro demais minha imagem, em todos os aspectos, não tenho tanta certeza disso, mas sei que há muito tempo não sinto algo forte por alguém. Talvez o treinamento para endurecer o coração tenha sido um pouco exagerada.

Se é melhor viver sem sentir algo, sinceramente, não sei responder. Uma certeza tenho para lhe dizer: você não sofre. Existe algo mais importante que isso? Claro, não entraremos no quesito família, amigos etc. O lado bom de não sentir nada por ninguém, é que você mantém a mente no lugar, não se magoa e não perder o foco em diversos momentos da vida. Sim, já falei disso uma vez por aqui, quando estamos apaixonados, acabamos deixando isso tomar conta de nossas vidas, por mais que sejamos centrados em certas coisas.

Mesmo que não sinta um amor "doentio" ou exagerado, que seja aquela coisa controlada, uma briga pode tirá-lo do jogo da vida. Já cometi cagadas por conta de brigas e desentendimentos, já atrasei projetos, já perdi completamente o foco e fiquei cego em diversos momentos importantes. Está certo, quem nunca passou por isso? Acredito que todos já passaram, se não, passarão. Mas ainda prefiro ter total controle sobre meus sentimentos e principalmente sobre minha vida. Não gosto da ideia de algo tirar minha concentração, não gosto de me sentir perdido porque tive uma pequena discussão desagradável com "o amor da minha vida".

Tudo se encaixa, tudo acaba tornando-se parte da sinfonia, mas muitas vezes elas desandam, simplesmente saem do compasso. E o pior que muitas vezes são besteiras, pequena bobagens desnecessárias para a vida do casal. Estou dizendo besteiras de verdade, não as pequenas coisas importantes que a maioria dos homens acham que não são. Sim, compreendo que muitas vezes os homens chamam algo que é extremamente importante de besteira. Coisa normal, afinal de contas, a maioria dos homens tem o sentimento no pinto. Diferente das mulheres que sabem onde os sentimentos realmente acontecem.

Às vezes me pego pensando em sentimentos, na realidade, em alguns momentos depois da minha última separação que me fazem pensar que senti algo por alguém. Em alguns casos, acho que se me deixasse levar, talvez despertasse algum sentimento verdadeiro. Mas, talvez tenha sido melhor as coisas não acontecerem. Em outros casos, desde o primeiro tocar de lábios você já percebe que está adentrando um terreno totalmente minado. É por essa e outras razões que prefiro continuar como um lobo solitário, House ou qualquer outro exemplo que vier a sua cabeça.

5 comentários:

  1. Não são todas as pessoas que conseguem manter esse controle e não "amar" alguém, isso vai muito da personalidade da pessoa. Eu mesma já tentei abrir mão desse tipo de "preocupação" na minha vida, mas não consegui, e você sabe.
    O jeito que encontrei foi reorganizar a minha vida toda, e não me perder em meio aos sentimentos... me controlar, não perder o foco em outros aspectos por causa de um amor.
    Acredito que não é um problema amar, até o ponto que isso se torna doentio.

    ResponderExcluir
  2. É difícil manter esse "controle" mas não impossível. Espero que depois de anos, não tenha me tornado um Dexter, completamente sem sentimentos e por isso "controlo". rs rs rs

    Mesmo que não seja um amor doentio, perdemos muito foco na vida, não completamente, as coisas muito importantes ainda estarão na mira. Mas diversas coisas que definem o que você é, se perdem quando está amando.

    ResponderExcluir
  3. Bom tenho 17 anos e dês dos 15 não sei oque é sentimento seja ele de amor ou qual quer outra coisa. Ontem mesmo minha mãe disse que eu não tenho coração É que sou fria. Queria muito saber oque é amar, porque até a minha mãe eu não sei se amo, E isso é a pior coisa que existe. Não fico feliz com a pessoa que me tornei a respeito disso, e não sei se um dia eu vá mudar.
    Não posso dizer que sorrir desilusão amorosa ou algo do tipo. Só sei que aos poucos meu coração congelou. Como dizem por ai, a minha humanidade está se desligando aos poucos.

    ResponderExcluir
  4. Eu já amei uma ve quando adolescente. Era unilateral. Depois nunca mais, até agora estou assim. Será um grande trauma?
    Isso esta a me atrapalhar em minha vida.
    Seria caso para psicólogo?

    ResponderExcluir
  5. É um trauma que precisa ser curado dando uma nova chance. Mas com todo cuidado do mundo. Não creio q eu ainda seja necessário ajuda de um psicólogo.

    ResponderExcluir