Apenas um beijo...

Um beijo... apenas um beijo.

Quero envolvê-la em um abraço infindável, como se fosse ficar para sempre ao meu lado com seu sorriso maravilhoso iluminando tudo ao redor. Ah, como gostaria de sentir seus lábios contra os meus, sentir seu doce beijo envolvidos como se nada mais importasse. Sim, o mundo poderia acabar ou poderia simplesmente morrer depois desse momento tão feliz.

Parece exagero? Talvez. Apesar de nunca ter pensado nisso, às vezes me pego imaginando como seria se ficássemos juntos, será que as coisas seriam fáceis? Só de pensar na saudade, meu coração já dói, será que suportaríamos?

Não quero pensar nisso, não quero ficar imaginando coisas e fazendo minha cabeça se encher de emoções tão boas que chega a fazer falta mesmo que não tenham acontecido. Seria loucura, frustração ou a solidão consumindo minh'alma? Sinceramente, não sei responder essa pergunta, mas realmente me sinto um ser muito estranho, ando me sentindo muito humano ultimamente.

Não sei se é bom ou ruim sentir que meus melhores momentos são com você. Mesmo que não esteja presente, sempre está perambulando pelo meu subconsciente, voltando todos meus pensamentos para todas as coisas legais que você proporciona. Como não queria sentir essas coisas...

Queria ver seu sorriso todas as manhãs, contemplar sua beleza natural todos os dias e poder me deitar ao seu lado todas as noites, dar-lhe um beijo apaixonado e dizer boa noite. Sentimentos insensatos que me levam a loucura, que me fazem esquecer o quanto sou prático e metódico. Me fazem esquecer que nunca me deixo levar pela emoção ou qualquer outro sentimento ilógico que carregamos em nosso DNA. Queria racionalizar nessas horas mas sempre que lembro de seu sorriso, fica impossível...
Escrito ao som de "Dark side" e "Because of you" de Kelly Clakson.

Nenhum comentário:

Postar um comentário