Do que reclamar?

Funny?

Há um tempo atrás alguns amigos reclamaram que meus vídeos não são mais os mesmos, que perderam a graça porque não existe mais o Yama estressado. Questionei as pessoas se sentiam falta disso e recebi um comentário me questionando se eu sentia falta disso e respondi que não. No fundo, de vez em quando, sinto falta porque era o que me motivava a escrever, já que o blog virou a minha terapeuta antes de adquirir uma.

A graça deste blog e dos vídeos era a minha desgraça, como comentei uma vez, rir da desgraça alheia é muito mais bacana que rir da própria. Como um amigo comentava: "Se acha que sua vida está ruim, vá assistir os vídeos do Yama que você melhorará", hoje não é mais assim. Não tenho mais desgraças para contar, não tenho muito do que reclamar, porque a vida nunca será 100% cheia de alegrias. Mas no geral, não tenho realmente do que reclamar, minha vida está ótima, um pouco cansativa comparada com antes mas muito melhor em outros termos.

O negócio é partir para fazer graça mas que tipo de graça sei fazer a não ser a minha própria desgraça? Uow, essa frase ficou um pouco confusa? Espero que não, espero que sua mente seja capaz de compreender as esquisitices que escrevo. Se bem que, comecei a fazer vídeos porque notei que muitos não compreendiam...

Nenhum comentário:

Postar um comentário