Relações antigas.

The notebook.

A chuva cai e me traz diversas lembranças de nós, enquanto éramos felizes e não dávamos o devido valor. Os tempos em que minha dedicação à você era maior que tudo, era mais importante até que viver minha própria vida. Alguns me perguntam se mudaria algo desse tempo, caso pudesse voltar atrás, sempre respondo que não, que cada segundo ao seu lado valeu a pena.

Talvez os excessos de amor e a falta de tempo tenham consumido nossas almas. No fundo, acho que erramos em diversos aspectos, por não ceder quando necessário e por simplesmente permitir que coisas "menos importantes" decidissem por nós. O fim não foi trágico mas deixou uma grande marca e uma dor incomensurável. Claro que toda dor de amor passa, pode custar, levar mais tempo do que esperamos...

Se pudesse voltar no tempo, tomaria as mesmas decisões, talvez seja um pensamento errado mas pensando com toda lógica que me acompanha, acredito que tenham sido decisões corretas. Hoje você é feliz, muito mais do que era comigo, pelo menos em tese. Talvez eu também seja mais feliz, mesmo que não consiga demonstrar tanto esse sentimento, mas no fundo sou feliz.

Apesar de ser alguém amargo em relação ao amor e relacionamentos, pelo menos consigo ter excelentes relações pessoais. Amigos são tão importantes quanto ter um amor para compartilhar. De vez em quando, julgo até que meus amigos são mais importantes, porque quando o amor se vai, eles sempre estarão lá. Por isso sempre digo para não se desfazer das amizades só porque está namorando, mesmo que ela não goste delas, mantenha-as a qualquer custo.

Foram momentos muito bons, que nunca voltarão, até porque seria impossível mesmo que se tornasse viúva ou que largasse o marido. Porque sempre acreditei que se algo não deu certo na primeira vez, não dará na segunda. Posso estar errado, na realidade estou, porque muitas coisas funcionam na segunda vez. Mas não sou o tipo de pessoa que dá segunda chance para relacionamentos.

2 comentários:

  1. Segunda chance, pelo menos pra mim é algo que não existe. Se bem que eu gostaria de funcionar de outro jeito, mas eu sei que sou extremamente chata e não mudo com esse tipo de coisa. Segundas chances e ciúmes são coisas difíceis de sentir ou fazer, não que eu não tenha tentado sentir ciúmes.

    Mas eu nunca quis que ninguém matasse uma amizade por mim... Afinal, na minha cabeça amizade com uma mulher não vai me fazer surtar e matar alguém. Não seria legal, não sirvo para ser assassina em série. HAHAHAHA.

    Saudades de ler textos como esse. Meu escritor favorito, sempre conseguindo me surpreender! =D

    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Deixei de ser fã de segundas chances há um bom tempo, claro que como todo idiota tive que aprender na prática que elas não funcionam.

    Como diria meu ídolo número um: "As pessoas não mudam", um pequeno pensamento de House que acredito ser quase 100% correto. Quase porque para toda regra há sua exceção.

    Acabar com amizades por conta de relacionamentos é a pior coisa que alguém pode fazer com quem ama. É como eu disse, se um dia esse relacionamento terminar, onde estarão aqueles que eram seus amigos?

    Seus comentários sempre me deixam muito feliz, prossigo escrevendo "Na sua sua estante" por sua causa, porque não sou a pessoa mais indicada para falar sobre sentimentos. rs rs rs

    Beijão

    ResponderExcluir