O fim da carreira.

Swordfish.

Em diversos momentos da vida me odiei, mas acho que nenhum supera quando eu faço alguma cagada. Seja na vida pessoal ou profissional, isso é algo que me deixa extremamente puto. Essa semana fiz algo e nem ao menos me toquei da cagada, não tive aquele famoso estalo no melhor estilo "House" que normalmente acontecia durante meu sono.

Não sei se foi apenas distração ou se chegou o momento de me aposentar dessa vida e partir pra outra. Sei que ando meio inconformado com as cagadas, são coisas tão banais, implementações onde normalmente não cometeria esses absurdos. Não sei se estou me cobrando demais mas sei que não estou muito contente e espero que as coisas melhorem.

Era bacana a época em que trabalhava na outra empresa nesse quesito, como conhecia muito bem o sistema, detectava facilmente uma cagada deixada por mim. Em muitos casos foi possível resolver antes de enviar uma versão ao cliente. Mas essa semana fiz uma e com um cliente onde não devia errar nunca mais, eu merecia a forca, merecia ter todos os dedos amputados. Não houve esporro, não rolou um nervosismo esperado, mas sentia uma enorme vontade de me dar um tiro na cabeça.

Será que chegamos ao momento que sempre temi? Sempre tive medo de um dia ter que deixar de desenvolver, mas será que não é cedo pra isso? Será que devia ter procurado um trampo para continuar como coordenador? Devia apenas tomar conta de pessoas e não programar mais? Sinceramente, coordenar nunca foi algo que quis na vida, isso apenas foi imposto por falta de opção, mas será que chegou aquele momento em que não sirvo mais para fazer o que mais gosto?

Nenhum comentário:

Postar um comentário