Fale comigo.

Tyler.

Estive pensando no meu último namoro, no quão idiota me sinto por ter passado por essa fase, talvez realmente fosse algo desnecessário. Não sei por que estou relembrando alguns fatos e me sinto mais idiota ainda. Ultimamente ando revirando demais minhas memórias, se fosse possível transpor para um HD facilitaria para dar um shift + del.

Não sei o que me fez relembrar certas coisas, mas é algo interessante, gosto de revirar memórias e encontrar as falhas que tornaram o fato apenas memória. Sei que não sinto falta, sei que não tenho a mínima vontade de tê-la de volta, mas ainda assim me sinto um retardado quando relembro algumas coisas que fiz e outras que deixei de fazer por conta desse namoro.

Como o ser humano pode ser tão idiota? Como podemos simplesmente esquecer a real felicidade? Como podemos atribuir isso a uma única pessoa no mundo? Ah, coisas do amor... Coisas do amor, o caralho! Mas, por que estou escrevendo sobre isso? Ah, foi a falta de ideias para o longo da semana. Talvez.

Sobre o que você gostaria de escrever? Sobre deus? Nunca, deus é uma palavra proibida em meu vocabulário, apesar que gosto de argumentar contra as ideias pregadas por alguns doentes que pregam algo que nem fazem ideia de onde vem. Talvez seja hora de dar outra reviravolta na vida, você está um tédio. Eu sei, talvez seja mesmo a hora, vamos novamente promover o caos. Sinto falta de algo que não sei exatamente o que é. Será hora de procurar algo novo para fazer? Não. Acho que já tomo muito tempo da minha vida pessoal para fazer algo, que apesar de ser pessoal, acaba virando trabalho. Com quem estou falando?

Começamos a falar de sua ex e agora você está numa viagem louca como se tivesse tomado algum alucinógeno. Acho que a falta deles está me tornando um louco sádico, talvez seja isso que me torture todos os dias, noite após noite... Acho que preciso mudar, só não descobri o quê. Afinal de contas, ninguém normal sai de um estado de 110% de felicidade e bate os 666% de tristeza. É, isso não é algo que pessoas normais passam. Concordo. Já começou a semana?

2 comentários:

  1. 666% de tristeza. Captei uma mensagem subliminar neste conto. rsrsrs
    A propósito, um conto mais leve do que o de costume.
    Gostei =D

    ResponderExcluir
  2. Não, não foi subliminar. rs rs rs

    Sim, leveza é mais minha cara.

    Valeu!

    Beijão

    ResponderExcluir