Despedida a um grande pai

Pai.Mesmo com o pouco convívio que tive, acabei me apegando demais a um velho senhor, não muito simpático para quem não o conhece direito, mas com quem me identifiquei muito. Avó de minha ex-namorada, pai de uma irmã querida, de uma ex-sogra maravilhosa e de um cara muitíssimo gente fina. Eu consigo imaginar a dor que estão sentindo neste momento, afinal de contas, também não tenho pai. Fico muito feliz por vocês terem aproveitado por muito mais tempo que eu, por terem um convívio por muito mais tempo.
Acredito que vocês proporcionaram a ele grandes alegrias, seja vencendo na vida, lhe dando netos ou um simples sorriso. Ele podia ter aquele jeito chucro, mas era um amor de pessoa, aquele jeito durão escondia maravilhas naquele coração frágil mas com o tamanho da imensidão do universo.
Gostei desse velho senhor desde o momento em que ouvi falar dele, fiquei muito curioso em conhecê-lo, afinal de contas, sempre me contaram sobre sua sinceridade, sobre seu jeitinho totalmente simples e sincero de ser. No final de semana que o conheci, no início achei ele totalmente diferente, mas depois que ele me mandou tomar no cu pela primeira vez, fiquei feliz, senti que ele fora com minha cara. Foi algo engraçado, não direi que foi mágico, mas foi bem engraçado. Gostei muito dele, dos poucos momentos em que conversamos naquele domingo.
Gostei tanto da família de minha ex, que mesmo não fazendo mais parte dela, sempre que podia, ia visitar seus avós, a hospitalidade maravilhosa de todos por lá sempre me deixou muito feliz. Gosto da simplicidade deles, da honestidade, da naturalidade com que as palavras são ditas, as verdades, fora a comida maravilhosa que sempre saboreei de muito bom grado.
Sinto hoje por não ir até lá, me despedir dessa pessoa maravilhosa, que infelizmente teve que partir e deixar corações partidos, infelizmente assim caminha a vida, faz parte da vida. Mas como já passei por esse momento na vida, momento que não é fácil para ninguém, prefiro evitar. Sempre que ouvia dizer que ele estava mal, ficava preocupado, temia sempre caso acontecesse o pior. Nessa última vez que fui avisado, senti um certo tom diferente na voz de minha irmã me contando sobre o estado dele. Senti uma angústia profunda, me senti como em 96 quando meu pai estava mal do câncer e gemia, aparentemente de dor, algumas noites antes do natal daquele ano. Senti novamente o mesmo aperto no coração, no mesmo tempo em que queria poder ajudar minha querida irmã, tia de minha ex, também tinha vontade de não saber sobre o que acontecia, porque cada notícia batia como se uma bala atravessasse minha cabeça. Da maneira como conversávamos, sentia que dessa vez o estado dele era muito pior que das outras vezes. Cada ligação que recebia dela, me dava um aperto tão grande no coração, uma vontade de chorar, sempre temendo ouvir o que não queria ouvir.
Hoje, quando minha irmã disse alô no telefone, já pressenti o que havia acontecido, meu coração disparou, não sabia nem ao menos o que dizer. Não conseguia pensar, já imaginava que o pior tinha ocorrido. Queria poder dar forças para minha querida, mas acho que é capaz da situação se inverter e eu precisar de forças. Eu sei que esse momento é muito difícil, qualquer palavra que seja dita não servirá de consolo, não servirá para trazê-lo de volta, imagino como ela deve estar se sentindo nesse momento. Acho que não existe dor mais cruel que a perda dos pais, sofremos por irmãos também, mas pai e mãe, é diferente. É triste imaginarmos nossos pais como super heróis, que eles jamais nos deixarão, eu tinha essa visão quando criança, que eles nunca morreriam, infelizmente a vida é bem diferente.
Deixo aqui meu adeus a essa grande pessoa, a esse grande pai, que lutou muito na vida e conquistou muitas coisas. Essa pessoa maravilhosa com certeza estará sempre em nossos corações. O único desejo que tenho é que todos tenham forças para continuar e que se recuperem logo, eu demorei bastante tempo para voltar ao mundo e colocar os pés no chão. As minhas queridas e meu querido, que vocês tenham forças para dar força a mãe de vocês.

4 comentários:

  1. Bom cara, assim como eu você também já perdeu pessoas próximas, e julgando que talvez eu seja um pouco parecido com você com essas coisas sei que não adianta eu ficar dizendo muita coisa, sinto muito..

    força ae...

    ResponderExcluir
  2. Faz parte da vida meu querido. Infelizmente.

    ResponderExcluir
  3. Você é sempre muito especial,e eu senti vc perto do meu coração,compartilhando a minha dor,vc nem sabe como as vezes o silencio pode dizer muita coisa.Agora vc é mais irmão pra mim...

    ResponderExcluir
  4. Que bom que você entendeu meu silêncio naquele momento doloroso. Espero que se recupere logo minha queridona!

    Beijão

    ResponderExcluir