A improdutividade nossa de cada dia

Conte seus minutos trabalhados.O ser humano é o mais incrível para não se adaptar a novas mudanças ou cumprir algumas exigências. Muitas vezes me lembro do meu sobrinho, um garotinho lindo de 2 anos e 6 meses de idade, pois ensinamos diversas coisas à ele, tentamos fazê-lo entender que aquilo não deve ser feito, mas é uma criança, só aprenderá com o tempo. Agora, o que dizer de pessoas com mais de 20 anos que não conseguem aprender?
Certo, ninguém é de ferro, todos nós nos distraímos em um momento ou outro durante o dia, seja para dar uma aliviada naquela tarefa massante ou para dar uma espairecida. Mas ficar conectado o dia inteiro no computador da sua casa, no MSN, no e-mail, baixando músicas, filmes ou qualquer outra coisa que sirva para fazer com que seus preciosos minutos de trabalho sejam desperdiçadas com coisas que deveriam ser feitas em casa.
Como eu disse no início, é normal uma vez ou outra durante o dia, agora ficar praticamente o dia inteiro assim não é algo tão produtivo. É como falo, se você já sabe tudo que é necessário para você fazer o seu trabalho, ainda é relevado, mas quando temos muito a aprender, acredito que não seja muito bacana ter esse tipo de atitude. O grande porém é que as pessoas não são punidas ou se são, logo esquecem, a consciência é igual uma memória volátil, basta desligar que tudo já foi apagado.
Infelizmente é assim que determinadas pessoas funcionam, fico imaginando quando conseguirem um emprego em uma grande empresa, o que será do futuro desse tipo de gente? Claro, a maioria das empresas os tranca como presidiários, sem direito a acessar internet, utilizar o MSN ou seus e-mails pessoais. Aqui praticamos a simples regra "conquiste seus direitos", mas com pessoas sem consciência não pode existir esse tipo de regra. Enquanto não trabalharmos com pessoas mais regradas, nunca avançaremos para o próximo degrau.

Nenhum comentário:

Postar um comentário