Consegui minha cirurgia.

Cirurgia.
Para aqueles que ainda não sabem, na quarta-feira, dia 20 de abril de 2011, consegui minha cirurgia. Não tenho mais vesícula e estou muito satisfeito com isso porque nunca mais terei aquelas dores horríveis por causa das pedras. Na segunda-feira recebi uma ligação do médico do Hospital da Clínicas me informando que havia uma vaga para cirurgia mas eu precisaria ser internado já na terça para fazer alguns exames e operar na quarta.
Na terça às 7h estava lá, como havíamos combinado, me passaram uma guia para fazer a internação, quase me ferrei porque ia chegar atrasado porque não consegui dormir direito por causa de um vizinho filho da puta que assiste tv alta demais em horários que não fazem o mínimo sentido, mesmo assim consegui chegar lá e fazer os procedimentos iniciais. O grande problema é que eles precisavam do meu ultrassom da vesícula e não estava com ele em mãos, devido a correria acabei esquecendo de levar diversas coisas para o hospital. Mas conseguiram marcar um exame e com uma pequena espera de quase 4h consegui realizá-lo. Mais tarde fui fazer um eletrocardiograma e um raio-x e parecia que tudo estava a meu favor. Até então estava ainda bem tranquilo, fiquei um pouco pensativo durante o fim da tarde e o início da noite mas não estava realmente preocupado com a cirurgia. Me preocupava mais o fato de ter que ficar parado após ela, claro que não seriam muitos dias, mas qualquer dia parado, sem poder nem sair de casa praticamente, me incomoda quando não é por vontade própria.
Fora quase impossível conseguir dormir tranquilamente, de hora em hora, alguma enfermeira entrava no quarto para tratar algum dos senhores que estavam comigo, éramos 4 no total. Quando conseguia relaxar e dormir um pouco, algum sonho ruim me atormentava e me fazia despertar no meio da noite. Acho que no total, dormi umas 2 ou 3h somente, coisa ruim porque a cirurgia seria no primeiro horário e me acordariam às 5:30h para tomar um banho rápido. Faltando pouco tempo para a cirurgia, consegui dormir um pouco mais mas assim que meu sono começava a pesar, fui acordado para me preparar para o espetáculo. Tomei um banho rápido, estava super tranquilo, talvez o cansaço me deixara assim, mas acredito que mesmo que estivesse bem descansado, a vontade de remover a vesícula era tão grande que provavelmente estaria feliz do jeito que estava.
Não que estivesse de fato transbordando de felicidade, mas só de pensar em nunca mais sentir aquelas malditas dores, já ficava extremamente tranquilo. A operação durou umas 6h, é que não sei exatamente a hora que entrei para o centro cirúrgico porque fiquei plantado na maca durante um bom tempo antes do início da cirurgia. Lembro exatamente da hora em que me colocaram na sala de observação, eram 12:20h, já pensava no almoço, acordei da cirurgia com vontade de comer, algo que possivelmente era um bom sinal. Não consegui cochilar, apenas fiquei olhando o movimento, fiquei meio indignado com um pai que estava recostado em minha maca e balançava-a me fazendo sentir-me em um navio. Reclamei educadamente com ele e ele pediu desculpas e desencostou. Perguntei sobre a cirurgia da filha dele e parecia ter corrido bem também. Às 14:30h decidiram me levar para cima, lembraram que estava ali, apesar de não ser um japônes muito pequeno, achei que as enfermeiras não estivessem me vendo ali deitado.
Assim que cheguei ao quarto, me serviram o almoço, estava faminto, não via a hora de comer algo, ganhei um sopinha muito bacana e um danette de chocolate branco, algo que achei que não pudesse comer, mas se me deram... Fiquei feliz em ingerir um doce depois de tanto tempo, apesar de ter comigo uma queijadinha em fevereiro, depois disso não enfiei nenhuma guloseima goela abaixo. Fiquei deitado e quando menos percebi era o horário de visitas, meus irmãos foram me ver e enquanto conversava com eles, me aplicaram algumas injeções que me fizeram apagar muito rapidamente, conversava com eles, pescava mas tinha a sensação de que não havia dormido, eles sairam antes do término do horário de visitas para me deixar dormir e fiquei apagado por 1h e alguns minutos, acordei assustado, acreditando seriamente que já seria o dia seguinte a cirurgia. Estava enganado, depois de conseguir colocar os neurônios no lugar, notei que o filho que visitara um dos pacientes de meu quarto, estava com a mesma roupa, a sorte foi que havia notado a roupa dele antes de apagar.
Fiz algo muito engraçado depois de acordar, comecei a forçar a mente para pensar em diversas coisas que fazia na vida profissional e em algumas coisas que queria lembrar, só para ter certeza de que não havia nenhum dano mental. Mas o interessante é que não fiz isso por alguns minutos, fiquei mais de 1h pensando em trocentas coisas, acredito que não me faria mal, afinal de contas, não operei o cérebro. Nesse meio tempo em que acordei até às 22h, o tempo parecia caminhar tal qual uma lesma, os segundo se arrastavam e eu louco de vontade de caminhar mas não podia. Me deixaram deitado aquela noite inteira até o dia seguinte. E mais um vez não consegui dormir direito mas não fora por causa de dor, todas as vezes que eu começava a dormir, algum pensamento ruim me passava a cabeça, não eram coisas relacionadas a morte, mas eram coisas que me deixavam inquieto demais. Acho de quarta para quinta dormir apenas 2h exatamente, porque junta que não estava em minha cama e com a luz acendendo a todo momento, foi algo realmente cruel. Isso quando algum dos velhinhos não resolvia ir no banheiro e saia derrubando tudo, batendo porta, faltava apenas derrubar as paredes do quarto.
Quinta acordei com uma enorme vontade de levantar da cama, comer um sanduíche, beber um suco mas nada, de manhã um café bem light, um pãozinho, um pote pequeno de mel e água era o que tinha a minha disposição. Pensei comigo, para que serve o mel com esse pão? Aliás, além do mel, havia uma banana, mas como não como banana, não serviria para nada. Mas fiquei curioso pensando em que tipo de mistura deveria ser feita ali. Será que era para enfiar a banana no pão e o mel na água para ficar doce? Tiraram minha sonda, quase tive um filho nesse momento e fui tomar um banho. O banho melhorou muito minhas dores, que não eram exatamente do corte, eram apenas dores musculares, me sentia como se tivesse feito 55k abdominais e estava agora sentindo todas elas. Me disseram para andar que me faria bem, andei pelo corredor, com medo, tinha medo que os pontos rompessem mas é claro que é puro exagero de quem nunca embarcou nesse tipo de aventura. Andava parecendo um ancião de seiscentos e sessenta e seis anos, mas pelo menos conseguia andar um pouco, conversei rapidamente com alguns dos outros pacientes, queria conversar com a Mary, garota super gente boa que conheci, mas acho que ela não estava muito bem, pelo menos fora o que ouvira de um dos residentes.
Estava convicto de sair na quinta, tinha quase 100% de certeza de que sairia nesse dia, apesar da enfermeira ter dito que provavelmente receberia alta somente na sexta. Mas depois da caminhada e da satisfação do médico, tinha praticamente certeza de que sairia depois do almoço. Ao meio-dia ouvi que minha alta estava pronta, que bastava trocar o curativo e me despachar, fiquei extremamente feliz porque não aguentava mais ficar no hospital, isso porque foram apenas quase 3 dias. Não que o tratamento não fosse bacana, me surpreendi inclusive com o tratamento de lá, diria que é 5 estrelas. Fiquei besta com a cara do hospital, do quarto e mais ainda com a sala de cirurgia, superou em muito minhas expectativas. Mas queria sair porque é diferente de você ficar no seu próprio quarto, na sua caminha querida, recebendo o mínimo de cuidados possíveis dentro de casa porque realmente não eram necessários. Quando iniciou-se o horário de visitas às 15h, fui despachado para fora do hospital e meu irmão já estava comigo no quarto me esperando para sair. Recebi medicações, recomendações de uma nutricionista para não abusar durante 2 semanas e agora estou aqui, escrevendo esse pequeno texto para ilustrar para quem não ficou sabendo que estou bem. Esse é o grande motivo de ter parado de fazer vídeos e posts aqui no blog, mas pela recuperação acredito que na segunda ou terça já posto algo.

16 comentários:

  1. Caramba, que show a sua operação e recuperação. E texto pequeno nada, eu tive de copiar e colar no Word, para ler melhor, e deu 3 páginas. HAHAHA. Melhora rapido velho.

    ResponderExcluir
  2. Olha, eu pulei vários detalhes para não me prolongar demais. rs rs rs
    É, nem acreditei que me chamaram tão rápido para fazer a cirurgia. Principalmente porque meu exames pré-cirúrgicos estavam marcados para 15/02/2012. Já estava sem esperanças de resolver ainda esse ano.
    Valeu!

    ResponderExcluir
  3. vc ficou lindinho de paciente... k k k k k k k

    agora vamos marcar aquele almoço???

    preciso falar com voce

    ResponderExcluir
  4. Ficou excitado me vendo de doente? HA HA HA
    Então, acabei de falar com o Adonis, vamos sim, deixa só ser liberado para voltar ao escritório e marcamos.
    Mas se for algo muito urgente, liga no meu cel ou me chama no msn!

    ResponderExcluir
  5. Não usou aqueles aventais que deixam a bunda de fora???

    Num curti esse visual do Blog... parece aqueles templates padrões antigos, de galera q num manja nada, tá ligado?

    ResponderExcluir
  6. Só na cirurgia, depois essa roupa "normal".
    Então, desencanei de me matar com template. Comecei a criar um do zero mas resolvi deixar um basicão mesmo.

    ResponderExcluir
  7. demoro Japon... rumo a picanha... k k k

    não eh nada urgente não.. eh saudades de vc mesmo... rs

    ResponderExcluir
  8. Mas que fofo! rs rs rs É, a picanha demorará um pouco mais para ser liberada. rs rs rs

    ResponderExcluir
  9. Esqueci de comentar com você no telefone, para com essa viadagem de "desencanei do template" o antigo tava bem melhor do que esse, praticamente o que o o "gordo bicha" falou ali em cima ; )
    melhoras ai seu puto

    ResponderExcluir
  10. Mas nem mudou tanta coisa assim. rs rs rs

    ResponderExcluir
  11. Pode crer, o que o gordo bicha falou que eu falei está certo, o antigo é bem melhor. . esse está confuso de ver, poluído. . . põe uma enquete pra votar pra voltar (votar <> voltar) o templante antigo que vai ver q vão preferir...

    ResponderExcluir
  12. Poluído novamente porque não dá para distinguir um post do outro?

    ResponderExcluir
  13. Confuso. . o branco tava melhor e ponto final. . .

    Eae, como foi a consulta? Vem amanhã?

    Só to perguntando pelo Hackintosh e pelo João...

    ResponderExcluir
  14. Sabe por que sempre gostei da sua opinião nessas coisas né? rs rs rs Mas amanhã falamos sobre isso.
    A consulta foi tranquila, minha recuperação está ótima, amanhã retorno mesmo para o escritório.
    É, fiquei pensando no hackintosh, até pensei em pedir para algum dos meus irmãos levarem mas deixei quieto. rs rs rs Aconteceu algo com o João? HA HA HA

    ResponderExcluir
  15. Falo do João q anda, o Black Label, rs rs rs... num tomou tudo né. . .

    ResponderExcluir
  16. Depois te conto o que foi que pensei, mas você já deve imaginar. rs rs rs
    Agora não posso beber mesmo.

    ResponderExcluir