Você pensa antes de perguntar?

Você consegue pensar?
Puxa vida, estou com uma dúvida, não sei como resolver isso. Deixe-me pensar, o que farei para chegar a resposta? Hum... Tenho um amigo aqui do lado que deve saber sobre isso, afinal de contas, ele lida com isso todos os dias. Acho que perguntarei à ele, quem sabe possa me ajudar.
Opa, espere, eu nem sequer tentei procurar a solução para o meu caso. Nem mesmo vi algo para tentar entender o que está acontecendo, que tipo de problema pode ser. Será que não há problema em perguntar para esse amigo?
Será que quando eu fizer a minha pergunta, ele não virá com milhões de questões? Será que ele não me perguntará se fiz o básico? Se pelo menos tentei descobrir qual seria o problema? É, é muito provável que ele me faça indagações de coisas que são óbvias, não conseguirei nem responder porque nem tentei resolver o negócio ou pelo menos tentar entender.
Acho melhor dar uma olhada antes, mas por onde começar? Eu sinceramente não faço a mínima ideia. Como isso é possível? Será que sou tão burro que não tenho a mínima ideia sobre o assunto? Não, não sou. Acredito que se eu tentar encontrarei alguma coisa que me ajude.
Bom, vamos do início, o que eu fiz para chegar nesse problema? Ah, lembrei, vamos repetir as coisas e ver se acontece a mesma coisa. Sim, aconteceu a mesma coisa, ele dá uma mensagem. É, acho bom eu saber que mensagem é essa, talvez tentar compreendê-la ajude em algo. Vou repetir novamente a operação, eu digitei essa informação, depois essa e depois cliquei em salvar. Pronto, aconteceu novamente o problema, a mensagem foi exibida novamente. Vamos ler o que está na mensagem: "Digite o nome".

2 comentários: