A geração Y

A geração que veio para mudar todos os conceitos da língua portuguesa, do uso dos eletrônicos e a forma como adquirir conhecimento.
A vida é cheia de revoluções e uma delas foi a tecnologia. Fato já consumado, não temos como voltar atrás. A nova geração adentrou o mundo da melhor forma possível, em termos de tecnologia. É a fase do mundo em que adquirir conhecimento é a coisa mais simples do universo.
Sim, diferente das pessoas de minha época, eles não precisam mais sair de casa para visitar uma biblioteca, tudo está disponível online, e da melhor forma possível, de graça.
É a geração com a maior praticidade do mundo, praticamente tudo que sonharem, já existe. Qualquer coisa que pensarem em aprender, eles aprendem da forma mais simples possível, basta querer.
O grande problema com toda evolução tecnológica é como procurar conhecimento. Com o provento da web, qualquer um pode criar um site, publicar diversos artigos, inclusive, diversas coisas incorretas. Sejam em regras gramaticais ou até mesmo informações falsas, diversos sites podem emburrecer nossos jovens.
Em uma discussão cheia de brincadeiras que tivemos hoje, tudo isso por causa de um "R" que fora comido no final de um verbo, levantamos a questão sobre a tal "linguagem de internet". Acredito que todos que cresceram, mesmo os velhos de minha época, acompanharam a "revolução" que a linguagem de internet derrubou praticamente todas as regras gramaticais que levamos anos para aprender.
Com toda sua forma despojada, livre de regras, as crianças, adolescentes e até mesmo adultos, escrevem da forma que bem entender, já que existe essa tal "linguagem de internet". E são realmente raros os casos onde pessoas decidem escrever de forma correta em MSN, Orkut, Facebook, twitter etc. Tudo isso porque não temos mais tempo a perder e quanto mais prático, melhor para nos comunicarmos.
O grande porém, é que em alguns casos, a "linguagem de internet" não deveria ser aplicada, já que pode modificar totalmente o sentido da frase, como no exemplo de nossa conversa. Deletar o "R" no final de diversos verbos, além de não ser algo muito agradável, pode cair no problema da seguinte frase: "Quero rolar...", não foi a frase utilizada em nossa conversa, mas é um bom exemplo onde não devemos deixar de digitar o "R". Diversas outras coisas, comumente utilizadas pela web, acabam ensinando diversas crianças de forma errada e elas, por não terem idade para distinguir certos "erros", acabam tomando isso como forma correta de escrita.
Muitos se adaptam e quando precisam escrever um e-mail de forma inteligível, conseguem, mas infelizmente, alguns, não conseguem abandonar todos os vícios da "linguagem internética". Eu mesmo tive diversos problemas no início de minha carreira porque comecei a trabalhar em uma empresa de TI. Até então, enviava somente e-mails a amigos, podia escrever de qualquer forma que eles compreenderiam. Quando passei a enviar e-mails de trabalho, mesmo não sendo para clientes externos, tentava sempre escrever corretamente e de forma extremamente legível. Tudo isso porque a forma de comunicação escrita já dá margem para diversas interpretações, imaginem escrever então com "linguagem de internet".
Para minha sorte, não foi uma luta tão complexa, depois de um certo tempo me adaptei e passei a escrever de uma forma no MSN e outra em e-mails. Depois de um certo tempo, principalmente quando comecei a escrever neste blog, passei a estudar mais a língua portuguesa pelo simples anseio de sempre escrever o melhor possível e da forma mais compreensível do mundo. Tenho em mente e ainda acredito que alguns jovens, mesmo das gerações "perdidas" ainda me acompanharão nesta empreitada.

2 comentários:

  1. Parabéns por estudar a língua portuguesa ! no Brasil muitos deveriam fazer o mesmo ! a OAB que o diga . rsrsrs....

    ResponderExcluir
  2. É realmente cruel a forma como muitas pessoas escrevem por aqui. Fico com muito medo das gerações futuras.
    Nunca gostei de estudar, nada, mas principalmente a língua portuguesa. Hoje em dia, tenho outra consciência, acredito que não escreva tão mal assim mas acho que é sempre bom melhorar a cada dia, principalmente porque tenho um blog. rs rs rs
    Valeu!

    ResponderExcluir