Saudade de ninguém.

Por quê?

Sinto uma enorme vontade de beijá-la, abraçá-la, dar risadas junto a ela... Sinto falta do seu sorriso, da sua forma de olhar, de suas piadas... Sinto falta de tudo aquilo que não tive, um relacionamento ou algo mais duradouro. É engraçado e ao mesmo tempo estranho pensar dessa forma, porque não é algo que normalmente faria, mas de vez em quando temos recaídas que nos levam para o limbo das emoções.

Nem sei porque ainda penso nisso de vez em quando, não sei o que me leva à essas memórias. Talvez seja o assunto mal acabado, odeio coisas inacabadas, quando você tem aquela sensação de que faltou um ponto final. Talvez tenha sido um lance apenas para demonstrar que ainda posso sentir algo por alguém? Não sei explicar o que realmente houve comigo depois disso.

Pelo menos não tenho mais sonhos me consumindo, me fazendo levantar com um sentimento de um enorme vazio na alma. Alma? Para quem não acredita nessas coisas soa estranho falar assim. Mas era mais ou menos assim que me sentia, uma solidão consumindo minha alma e todos meus pensamentos. Não havia mais concentração, foco, coisas que sempre admirei, me perdi em pensamentos que normalmente não teria exatamente por esses motivos.

Foi bom passar por isso novamente, depois de pouco mais de quatro anos, sentir essas coisas me fizeram bem ou compreender que realmente não devo me envolver com ninguém. Talvez tenha apenas me mostrado que ainda consigo sentir algo por alguém? Não sei, prefiro não pensar dessa forma até porque não foi algo tão forte assim.

Tudo isso me lembrou de como foram minhas relações anteriores e colocaram novamente meus pés no chão. Talvez um dia me permita me apaixonar novamente, mas ainda acho que essa decisão levará um certo tempo. Enquanto isso, vamos colocar a vida no lugar porque preciso disso neste momento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário