Dois pesos...

Uma prova de amor.

Ontem senti uma dor forte nas costas, lembrei daquele cantor que sentiu a mesma coisa e descobriu que estava com câncer. Fiz uma piada e algumas pessoas me criticaram por isso. Muitos acham que não sei como é lidar com essa doença. Realmente, talvez não saiba, afinal de contas, nunca tive mas já tive uma pessoa muito querida diagnosticada com ela.

Sinceramente não sei em qual situação é mais difícil lidar, ver que foi diagnosticado com algo que poderá matá-lo ou ver alguém que ama se "decompor" durante alguns meses até o iminente fim chegar. E não é fácil ver alguém que está lutando contra o câncer, sentir o sofrimento dela, entre outras coisas. Ver aquela pessoa que sempre foi forte pra você, que era um super-herói em todas suas visões, afinal de contas, acredito que muitos de vocês já imaginaram que seu pai nunca te abandonaria.

Mas hoje me questionei, será que é mais difícil enfrentar o câncer ou ter alguém nessa situação? Bom, existe o lado que não carregamos o peso de não levantarmos no dia seguinte, afinal de contas, sabemos que estamos "bem". Por outro lado, ver uma pessoa amada sofrendo, não é algo muito legal. Quando adolescente formei a seguinte opinião: prefiro morrer à ver alguém que amo nessa condição.

Sinceramente, não sei medir esses dois tipos de sofrimento. Cada um tem uma forma de pensar, cada um sofre de uma maneira totalmente diferente... E você? O que acha pior?

Nenhum comentário:

Postar um comentário