O que escolher?

Faça sua escolha.

Descobri a causa da minha total falta de criatividade, estou há mais de uma semana sem beber café. Putz, ainda bem que não estou codificando, imagino que tipos de barbaridades sairiam deste teclado.

Me sinto estranho, lembro de ter escrito um post hoje, mas não me recordo de uma frase sequer. Parei para ler novamente o post porque jurava ter sonhado com as coisas que escrevi. Uhulll, a falta de sono é uma dádiva.

Acho que além de mudar o vlog, preciso fazer mudanças aqui também, principalmente porque tudo começou aqui. Putz, vamos falar novamente de como comecei o blog? Não, por favor. Mas falando sério, aliás, sempre falo sério; preciso fazer algo para a criançada ler, quase não tenho leitores, o povo só gosta das desgraças que passei na vida.

O mundo desabou em diversão, ironia, sarcasmo, anedotas, piadas, etc.; talvez seja hora de buscar algo diferente, não acham? Está certo, para aqueles que pensam que começarei a escrever humor, estão completamente enganados. Você caro e fiel leitor, já deve ter lido que pensei e tentei escrever humor mas não tenho a tal "veia artística" necessária para desenvolver textos assim.

Primeiro, li o livro do Mau Meirelles, porra, mas que intimidade é essa? Para quem não o conhece, é Maurício Meirelles, para os que não sabem ele faz parte do grupo de reportagem do CQC. Mas mencionei-o por uma simples razão: é muito difícil fazer as pessoas rirem com textos. Tudo bem, existem diversas variáveis, cabe muito da interpretação do texto, coisa que parece muito complexa na atualidade; fora que você precisa ser realmente engraçado. Esse cara que citei é um cara que acho muito engraçado no stand-up, mentira, é porque ele foi o único que escreveu um livro que me deixou com vontade de ler, se o Rafinha tivesse lançado um livro...

Brincadeiras a parte, lembranças a parte, merdas a parte, não consigo escrever humor. Não sou capaz de escrever um romance e não consigo manter um certo ritmo de assuntos interessantes por aqui. Está aí a explicação para o baixo número de leitores. Também, claro, às vezes tento ser legal e pensar que as pessoas não tem mais tempo para ler. Ah, como gosto de tentar enganar meu subconsciente.

Já pensei em pegar diversas ideias que seriam assunto para o vlog e transformá-las em pequenos textos, afinal de contas, diversas ideias são jogadas no lixo e poderia equilibrar um pouco as coisas. Ah, deixa pra lá, estou querendo demais. É muito mais fácil e legal ler uma tirinha, ver uma foto com piadinha ou algo do gênero, então por que raios me disporia a ler um texto tão longo quanto esse? Caralho, mas esse texto está tão curto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário