A voz.

Sonho ou realidade?

Estou acordado ou sonhando? Não sei, a realidade parece meio conturbada, distorcida. Sinto-me como se não tivesse dormido, apesar que passei 7h exatas sem minha consciência trabalhando. O corpo não responde, a mente trabalha sozinha, meus dedos digitam coisas sem sentido e sem propósito. Que belo dia para inventar de criar algo para controlar as finanças, talvez isso seja tão perigoso quanto brincar com fósforos quando tem as mãos encharcadas de gasolina.

Tento focar, me concentrar, pensar em algo útil, não consigo. Decido jogar, mal consigo clicar nos personagens que brotam do inferno no Diablo. Fecho o jogo, resolvo voltar a "trabalhar", não sei se posso chamá-lo de trabalho, apesar de ser o que faço normalmente como trabalho, mas é algo pessoal, algo que somente eu usarei.

Vamos tentar assistir algum seriado, não consigo nem mesmo ler as legendas. Começo a escrever um texto, uma ideia pequena que tive em um delírio durante o jantar, a ideia sumiu, evaporou. Lembro que era algo relacionado a sentimentos, amor, essas porcarias que os seres humanos insistem em consumir. Não consigo me lembrar nem com muito esforço e desisto de escrever.

Acho que preciso de um café, mas o medo de perder o sono e não conseguir dormir é grande. Desisto do café e fico somente no cigarro. Tenho vontade de conversar com alguém que não está aqui, procuro de todas as formas possíveis mas evito um contato direto pelo telefone. Penso em sair de casa, desisto quando me levanto da cadeira e sinto mais vontade de ficar. Volto a tentar escrever e continuo não tendo ideias.

Talvez beber uma cerveja ou uma dose de uísque me faça relaxar um pouco mais para liberar a mente. Não, não tenho vontade de beber, talvez se tivesse companhia. Esse pensamento que me consome hoje, um dia me matará, não, isso é um exagero. Agora ouço uma pequena voz incitando a escrita, ah, ela voltou.

2 comentários:

  1. Resolvi ler esse texto pela imagem do Clube da Luta... Eu fico assim direto rsrsrs, desanimado... entediado...

    ResponderExcluir
  2. Até que estou feliz mas ando desanimado com algumas coisas ainda. Mas também, quem é que sempre está 100%?

    ResponderExcluir