E mais uma vez, o tempo passou...

Tempo.

O ano está praticamente no fim, quando piscar novamente sinto que estarei na mesa comemorando o natal com a família. Muitas vezes me sinto como se estivesse no primeiro semestre deste ano, nem parece que o tempo passou, não lembro de todas as mudanças que ocorreram em minha vida...

Pareço um viajante do tempo, não sei mais que dia, horas ou segundos estamos, talvez nem saiba mais quem sou. Sinto como se tivesse saído de minha vida, entrado em um universo paralelo, enquanto meu corpo fazia as coisas pra mim. Acho que ando lendo muito Dexter e começo a pensar que tenho um "Passageiro das Trevas" assim como ele. Mas é realmente essa sensação que tenho, que algo dominou minha e causou diversas mudanças em minha vida.

Sinto como se não tivesse vivido esse ano, pelo menos esses últimos meses. Talvez seja apenas as mudanças "bruscas" que ocorreram, talvez seja o período de adaptação, aliás, não faço a mínima ideia do que seja.

O importante é que me sinto até que bem, apesar de não compreender muito bem o que é isso, mas uma hora as coisas se ajeitarão. Talvez a incerteza de diversas coisas estejam me deixando meio maluco. Algumas besteiras que fiz nesses meses ou... Não, não tem um ou.

Estou vivendo e continuarei assim, pelo menos por enquanto. Estou meio abalado mas com os pés no chão, a vida parece uma piada que ainda não foi contada. É, não fez sentido pra ninguém, mas, o que importa?

5 comentários: