Coisas me incomodam.

Desespero.

Ando sentindo algo inexplicável, parece saudade, dor de amor ou aquela sensação horrível que sentimos quando amamos alguém e não estamos bem. Não sei explicar, mas sei que não é por alguém específico, sei que não estou em crise emocional, do tipo, precisando de alguém, estou bem resolvido nesse quesito.

Mas é uma sensação sufocante, algo que me consome durante algumas horas nos finais de semana e a parte boa é que não ocorre em todos. Tem um lado bom, sempre que estou com a família, não sinto isso, talvez seja a falta deles que venho sentindo e não percebi. Será? Tudo bem, não passo mais tanto tempo quanto antes mas também não passo tão pouco tempo assim. Em alguns momentos, sinto vontade de fazer algo diferente, sinto falta de diversas coisas que fazia, diversas pessoas com quem convivia, mas passa algum tempo e estou tranquilo.

Mas nesse final de semana, algo me consumiu mais que o normal, essa sensação perambulou durante todo domingo, talvez ter passado o domingo dentro de casa não tenha me feito bem. Pensei em sair pra ver meus sobrinhos mas acabei cochilando, também precisava descansar um pouco, tenho abusado da mente e corpo durante a semana. Mas por que essa sensação horrível se gosto tanto de ficar tranquilo em casa?

Passei horas pensando no vídeo dessa semana, no que escrever para os posts, e minha criatividade estava 100% anulada com essa tortura psicológica. Me sinto vazio, com mente totalmente limpa, apesar de algumas preocupações me perturbarem durante o dia inteiro, mas devia estar mais tranquilo hoje.

O sábado foi legal, tive a formatura de meu sobrinho, mas nem isso me animou tanto, talvez tenha sido a chuva, como tive que ir de moto para o evento, não foi legal andar na chuva que incomodou o dia inteiro. Quero acabar com essa sensação que tem me incomodado há pouco mais de um mês, espero conseguir antes de ter algum colapso nervoso ou entrar em parafuso. Não entendeu? É, frase de gente velha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário