Um dia de sol...

Felicidade.

Contemplo seu lindo corpo nu estirado em minha cama, ocupando praticamente todo espaço, uma de suas pernas atravessada em cima da minha cintura, me impedem de sair. Meio com receio de te acordar, faço um pequeno esforço para movê-la e poder sair da cama. Vou até a cozinha para preparar um café, faço torradas do jeito que você adora, suco de laranja bem gelado com duas pedras de gelo, pego uma flor qualquer em seu quintal e volto para te servir.

Você estava acordada ou quase isso, porque me perguntou que horas da madrugada eram. Respondi que eram 10h e dei um sorriso de felicidade. Ah, como é bom te ver acordar, te ver sorrir, apesar da grande preguiça...

- Dormiu bem?
- Sim! E você, amor?
- Dormi muito bem.
- Gostei do café. Fez tudo do jeitinho que gosto.
- É, me importo só um pouquinho com você.
- Obrigada! - Senti muito carinho em seu sorriso delicioso. - Amor, o que faremos de bom hoje?
- Nossa, vejo que acordou bem empolgada hoje.
- Demais, acho que você recarregou minhas baterias.
- Podemos ir até a praia, tomar um banho de mar...
- Sim! Sim! Gostei da ideia.

Terminamos o café e partimos para um banho, um tanto quanto demorado, pegamos algumas coisas e saímos a pé até a praia. De mãos dadas fomos comentando sobre a noite anterior, ela comentou sobre cada detalhe, o quanto estava feliz e o quanto gostaria que todas as noites fossem mágicas. Eu apenas sorria, estava feliz demais com sua felicidade, o maior prazer que alguém pode sentir na vida é que faz alguém feliz.

Assim que chegamos à praia fomos direto para o mar, o calor insuportável pedia um pouco daquela água maravilhosa, demos muita risada e diversos beijos naquele dia lindo de sol. Fizemos vários planos, pensamos no futuro, nos nomes de nossos filhos... Foi extremamente maravilhoso o dia que tivemos, todos os outros dias podiam ser assim, sem nada pra fazer, apenas ficar ao seu lado como se nada mais importasse...

4 comentários:

  1. é incrível como teus textos andam me tocando yama, parabéns e continue com o esse trabalho tão bom!!

    ResponderExcluir
  2. Ah, estou dando suspiros de amor com esse texto! Já li várias vezes e toda vez que eu leio, me encanto mais!

    E você diz que não escreve bem... Mentira! HAHAHAHA


    Beijos! Já estava com saudades disso aqui! =D

    ResponderExcluir
  3. Ah, quem dera fosse verdade e realmente soubesse escrever. Talvez um dia aprenda, não tenho tanta certeza. rs rs rs

    Mas a questão dos suspiros foi alguma lembrança? rs rs rs

    Beijão

    ResponderExcluir