Um amor além da razão.

Remember me.

Passei toda uma vida procurando por você, foram muitas buscas até encontrar a perfeição que você é. Pode não ser tão perfeita para outros olhos, pode não ser a mais belas de todas do mundo para alguns, mas o que importa a opinião dos outros? Toda sua simpatia compensa qualquer defeito, qualquer falha mínima que você tem, não que existam muitas, você é realmente quase perfeita.

Te engrandeço com razão e não apenas por paixão. Te engrandeço porque você realmente é a pessoa que me faz enxergar a vida de um modo mais feliz, mais bonito até. Você é alguém com quem quero passar meus últimos dias de vida, você é quem quero ter a meu lado para passar por todos os momentos da vida. Você não é apenas especial, você é realmente a perfeição que sempre pedi.

Não preciso falar apenas de sua beleza, inteligência ou qualquer qualidade básica, que diga-se por passagem, sobram em você; preciso falar de diversas outras coisas que fazem meu coração palpitar todas às vezes que nos encontramos ou conversamos. Uma simples conversa com você faz meu coração disparar, me faz ter vontade de apenas viver ao seu lado sem me preocupar com nada. Me faz querer largar tudo e todos apenas para vê-la sorrir. Ah, o que seria a vida sem você?

Talvez seja um desejo um tanto quanto exagerado, mas gosto de pensar que sinto tudo isso porque você é realmente especial. Há muito que não sorrio por esse tipo de felicidade, essa que transborda por todos os poros, que me faz apenas ter vontade de me deitar com você para sentir teu cheiro, sentir teu calor, mesmo que não haja um envolvimento carnal. Porque a vida não é só sexo, a vida a dois é mais que isso, é realmente muito mais que isso. Se parar para expressar meu desejo pelo seu corpo, ficarei por toda eternidade falando sobre isso, porque isso faz parte da paixão que sinto por você.

Será que nosso amor ultrapassará todas as barreiras que encontraremos pela frente? Espero que sim, espero que sejamos assim até nosso último dia. Que quando partirmos, não fiquemos tristes pela perda, mas apenas nos lembremos de todos os ótimos momentos que passamos juntos. Que quando eu morrer, você possa sorrir mesmo sem mim, sempre lembrando das boas coisas, de tudo que fizemos juntos e que você possa se sentir em paz quando se juntar novamente a mim.

2 comentários:

  1. Ual, queria escrever assim, todos os dias! Queria ter tempo para postar todos os dias e tentar chegar perto das coisas que escreve! Você é o meu escritor favorito, agora mais do que nunca, pois posso ler você em qualquer hora da madrugada, enquanto me afundo nos trabalhos.

    "Na sua estante" sempre será o grande amor da minha vida, pelo menos na categoria de textos que eu quero que dure o resto da minha vida!

    Beijos.

    [Se eu fosse falar como esses seus textos mexem comigo, eu iria fazer um livro e ainda assim, não conseguiria descrever tudo]

    ResponderExcluir
  2. Tempo é algo meio relativo, também ando com o tempo escasso, mas sempre tento manter um ritmo por aqui. Há um bom tempo que programo todos os meus posts, sempre paro no sábado ou no domingo e escrevo os posts da semana. Em algumas ocasiões escrevo um ou outro durante a semana para manter a periodicidade. =D

    Quanto a chegar próximo do que escrevo, acho que você escreve melhor. rs E também acho que você devia escrever mais vezes no seu.

    Sabe, já pensei seriamente em transformar o blog em uma grande "Na sua estante", apenas escrever posts sobre amor, mas não sei fazer isso. rs rs rs

    Beijão

    ResponderExcluir