Em uma cafeteria qualquer.

Café.

Todos os dias tomo café em um lugar de que gosto muito e todos os dias a vejo sentar na mesma mesa e fazer o mesmo pedido. Enquanto respondo e-mails de clientes e tento tomar um delicioso café, você apenas contempla as garçonetes andando de um lado para o outro. Fiquei curioso com o que se passa com você. Por que ficar apenas olhando as garçonetes todos os dias? Nunca está com uma revista ou com alguém.

Tento me concentrar no que preciso fazer, terminar de responder os e-mail, mas nunca consigo quando estou nesse café e é por causa de você. Sua beleza incomum, simples, mas completamente incomum me deixa a beira da loucura. Não direi que não te cobiço desde a primeira que te vi, apenas posso dizer que depois de muito tempo me senti atraído por alguém.

Nunca tive coragem para sair de minha mesa e pedir permissão para sentar na sua, apenas ficava te observando até você terminar seu café e partir sei lá pra onde. Já pensei em sair atrás de você e tentar algum contato, mas achei que seria meio perturbador de minha parte. Já pensei em te mandar um bilhete, pois é, coisa mais brega, mas seria uma forma de tentar algum contato.

Perguntei sobre você para diversas garçonetes mas nenhuma tinha qualquer informação, nem faziam ideia em que você trabalhava. Ninguém sabia se morava ali por perto, se apenas trabalhava por ali, não sabiam nem mesmo seu nome. Mas pelo tempo que já te observo, eu diria que talvez more por ali, afinal de contas, já te encontrei em um domingo por aqui.

Um dia estava decidido, seu sorriso me convenceu a pedir licença e sentar a sua mesa. Puxar um papo, tentar te convencer a me dar alguns minutos de sua atenção. E agora estou aqui, te contando toda essa loucura que vivi durante cada café e cada e-mail respondido. Então, aproveitando que me deixou falar tudo isso, qual seu nome?

2 comentários:

  1. Esta é uma boa forma para abordar uma pessoa.
    Dica anotada. rs
    Aiiinn gosto tanto desta categoria, vontade de viver cada coisa que você escreve.
    Beijoos

    ResponderExcluir
  2. HA HA HA

    Eu comecei a escrever e não sabia onde chegar. rs

    Algumas coisas são meio perigosas de serem vividas. rs

    Beijão

    ResponderExcluir