Com quem falo?


Não sei com quem converso por aqui, conheço alguns rostos familiares, aliás, nomes, mas no geral não conheço praticamente ninguém que lê. Isso ocorre principalmente pela falta de comentários neste blog, são pouquíssimas pessoas que comentam algo. Quando vejo comentários de novos nomes e rostos, normalmente são em posts mais antigos que ajudaram alguém. Noto que muitos dos posts bobos sobre como configurar algo no Windows ou simplesmente alguma dica básica de programação possui pessoas assim.

Não que eu necessite de alguém ou que precise de um conselho ou resposta para as coisas que escrevo, mas é realmente frustrante, às vezes, notar que estou escrevendo coisas aleatórias para talvez 6 ou 7 pessoas. Não fico triste, até porque não divulgo muito o blog, me empenho mais na divulgação do vlog que é o que mais gosto de fazer hoje. Não que tenha perdido o gosto pela escrita, mas como já falei em diversos desabafos, comecei a escrever apenas para liberar um pouco do estresse que meu trabalho causava. A verdade é que normalmente não tenho nenhum assunto, não existe algo que eu queira escrever para compartilhar com os poucos leitores que navegam por essas águas calmas demais e sem criatividade. Já devem ter notado que quase não escrevo mais e nem mesmo ando postando vídeos para substituir posts que não consegui escrever.

Como já disse diversas outras vezes, não quero transformar isso num diário de adolescente. Se bem que, de certo ponto de vista, poderia até ser considerado na época em que tentava deixar todo meu estresse e frustração por aqui. Talvez se ainda fosse estressado, teria muito sobre o que escrever e essa dúvida paira como uma nuvem negra sobre minha cabeça. Tenho curiosidade mas não tenho vontade a voltar a ser como era, até porque daqui a pouco meu coração não aguentará esse tipo de estresse.

E por que eu escrevi tudo isso? Não sei, simplesmente me bateu uma vontade de escrever sobre depois que fiz o post sobre Office 365, estou escrevendo na mesma noite, não como uma obrigação de manter o blog, mas simplesmente porque realmente bateu a vontade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário