Retroceder nunca, render-se jamais

Precisa de mais comentários?Decepção é algo que muitas vezes nos desmotivam de uma forma irreversível. No entanto, acredito que a força de vontade ou a linha traçada para um objetivo, deve ser uma força maior para que não desistamos das coisas.
Eu sempre fui um cara que largou tudo pela metade, nunca concluia nada, comecei a fazer judô e parei com 1 mês. Fiz escola de língua japonesa e desisti, claro que ajudou muito o fato de eu ser uma criança ainda. Mas isso se tornou uma constante em minha vida, tanto que quando quis um violão, minha mãe não queria que meu pai gastasse dinheiro porque provavelmente eu não levaria para frente.
Essa foi a mudança repentina, onde deixei de fazer as coisas pela metade, não vou dizer que me tornei um excelente músico, mas pelo menos consigo fazer alguém reconhecer uma música. Outra coisa da qual quase desisti, foi a informática, primeiramente porque eu achei muito difícil programar no início de minha vida nessa área, mexer no DOS, no Windows ou no Office era fácil, mas quando comecei a me aprofundar e aprender lógica e programação básica, quase desisti com medo de não conseguir. Mas minha vontade de aprender aquilo era tão grande, que me esforcei para chegar onde queria. Meu intuito nunca fora ganhar dinheiro ou reconhecimento, apenas achava aquilo muito bacana. Me matei nos 6 primeiros meses de aula, aprendi tanto, que era o caçador de bugs nessa época.
Quando comecei a trabalhar, como já contei, também quase desisti de trabalhar onde estou até hoje, mas comecei a me esforçar mais e a estudar mais para alcançar meus objetivos. Sei o quanto é desesperador, às vezes, você nadar, nadar e parece que nunca chega a lugar algum, mas uma hora você notará toda a diferença de seu esforço. É realmente frustrante, em diversos casos, mas tudo valerá a pena, no momento certo. Nada acontece sozinho, nada é em vão, tudo é aproveitável, claro que existem pragas que não servem nem para faxineiro.
Não espere reconhecimento, não espere aquele tapinha nas costas de agradecimento, não aguarde nenhum retorno em sua vida, pois isso te levará cada vez mais para o abismo. Faça o que precisa ser feito, nunca esperando retorno, apenas o necessário e óbvio. Se esforce ao máximo, mesmo sabendo que não será reconhecido, um dia chegará sua vez. Tenha em mente não só seu trabalho, mas seu futuro. E saiba que no final das contas, sozinho não tem acento agudo e vômito tem um circunflexo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário