O novo não

As pessoas entendem o significado da palavra não?Nos primórdios, a palavra "não" era utilizada para negação, recusa, algo contraditório ao "sim". Já faz muito tempo que saí do colégio, há muitos anos não pego um livro de língua portuguesa ou até mesmo o dicionário. Acredito que com o passar dos anos, o significado desta grandiosa palavra, hoje nem tanto, tenha mudado para "talvez", é a única explicação plausível encontrada pela minha pobre mente.
Não sei se é alguma doença ou a simples persistência imposta as condições de vida humanas, mas realmente penso que o significado de "não" tenha virado "talvez" porque essa pequena palavra não é mais utilizada como uma resposta definitiva para alguma questão. Por que ela não é mais uma resposta definitiva?
Para responder esta pergunta, provavelmente terei que consultar minha psicóloga, é uma pena minha próxima sessão somente acontecer na próxima quarta-feira, serão 4 dias de enorme ansiedade, misturada com provas de fogo no decorrer destes dias que serão no mínimo fatídicos. Acredito que o significado da palavra "não" tenha sido misturado com a falsa esperança de mudar alguma coisa no mundo ou nas pessoas. Talvez a persistência também tenha se macomunado e formaram uma quadrilha, para persuadir pessoas distintas de seus gostos ou simplesmente testar a paciência delas. Ainda penso que exista um complô ou uma teoria da conspiração que visa causar um impacto enorme e descobrir um modo de fazer com que as pessoas que possuem tendências psicóticas, demonstrem-as antes de algo realmente ruim acontecer. Seria quase um "pré-crime" do filme "Minority Report", pelo poder da cognição estão tentando persuadir pessoas a mostrarem sua face real e desmascarar um possível psicopata.
Ainda consigo acreditar que seja algo mais simples, bem mais simples do que tudo que tento fazer as pessoas digerirem. Mas no final, é tudo a mesma coisa, a maldita persistência que consome toda paciência do mundo e corrompe as barreiras até chegar no ponto crítico e severo do cérebro humano. É a tendência das pessoas em quererem saber até onde podem chegar antes de causarem uma tragédia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário